in ,

São Paulo de Diniz usa mais a base do que qualquer outro treinador

Com Fernando Diniz no comando, a equipe do São Paulo usa mais os garotos de Cotia no elenco do que o time dos Menudos de 1985

De uns anos para cá, a filosofia do Tricolor de usar mais os garotos de Cotia vem ganhando força, e Fernando Diniz parece ter levado isso em conta, já que promoveu garotos vindo da base ao time titular e para compor o banco de reservas. 

Desde a sua chegada no São Paulo, Diniz escalou 18 jogadores de Cotia. A lista inclui Antony, já negociado com o Ajax, e Fabinho, com o Athletico. 

A estratégia de apostar nos garotos vindo de Cotia ganha força, ainda mais depois da vitória no clássico contra o Corinthians, onde o treinador deu continuidade na escalação de Diego Costa na zaga, deixando zagueiros mais experientes no banco. 

Na reta final do Majestoso, o Tricolor acabou o jogo com seis jogadores #MadeinCotia:  Diego, Liziero, Luan, Toró, Brenner e Igor Gomes.

Além deles, Gabriel Sara, Paulinho Boia e Hernanes (desde o juvenil no Tricolor) começaram o Majestoso como titulares. 

Desde o início de 2020, já entraram em campo 18 jogadores vindo das categorias de base, são eles: Antony, Liziero, Luan, Paulinho Boia, Gabriel Sara, Igor Gomes, Helinho, Diego, Toró, Brenner, Wellington, Rodrigo Nestor, Shaylon, Lucas Perri, Danilo Gomes, Lucas Fasson, Hernanes e Fabinho.

Durante a campanha do Paulista de 1985, vencida pelo time conhecido como Menudos, pela juventude, dez formados em casa e 16 vindo de fora disputaram o campeonato.

Uniam-se jogadores experientes como Oscar, Darío Pereyra, Falcão, Pita e Careca aos garotos Muller, Silas, Sidnei, Vizolli, Renatinho, Richard, Rubinho, Ronaldo, além de Márcio Araújo e Nelsinho, que já jogavam desde 1983, mas também nasceram no Morumbi.

Foto: Rubens Chiri – saopaulofc.net
Fonte: Blog do PVC – Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu