in ,

São Paulo corta salário dos funcionários

Com as competições paralisadas por conta do coronavírus, o clube não está recebendo receita e com isso precisa fazer reajustes nos salários dos funcionários e jogadores do clube

Após o corte de 50% do salário dos jogadores do elenco profissional de futebol masculino, o São Paulo também cortou em 25% os vencimentos dos funcionários do clube. 

A medida foi tomada com base na medida provisória do Governo Federal decretada em meio à pandemia do novo coronavírus, que prevê às empresas a redução proporcional do salário à jornada de trabalho.

Os movimentos de cortes salarias no São Paulo tem como objetivo evitar demissões ou suspensões de contratos.

Diferentemente do acordo feito com os jogadores do futebol masculino, que terão os valores ressarcidos proporcionalmente após a pandemia, os funcionários não serão contemplados com o ressarcimento dos 25% do corte. Parte desses valores serão pagos pelo Governo Federal.

Foto: Eduardo Rodrigues
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu