in ,

São Paulo concorda voltar o Paulistão, mas com uma condição

São Paulo consegue desbloquear suas contas na Justiça - Fernando Dantas/Gazeta Press

A FPF e os clubes decidiram em reunião na última quarta-feira que o torneio “será concluído em campo” e que as partidas restantes serão realizadas “inicialmente com portões fechados”

O São Paulo concordaria em retomar os jogos do Campeonato Paulista com portões fechados, desde que haja um consenso geral entre todos os envolvidos nessa decisão, incluindo os próprios atletas.

No entanto, não há uma data para o retorno do  estadual. A princípio, uma reunião via conferência em vídeo servirá para buscar essa definição. Mas qualquer decisão depende antes da orientação das autoridades de saúde.

O São Paulo tem respeitado o posicionamento do governo do Estado, inclusive, em suas redes sociais, o Tricolor tem dado informações para conscientizar as pessoas sobre a importância do isolamento social no combate ao novo coronavírus. O clube também costuma atualizar os casos de brasileiros contaminados com Covid-19 baseado nos números divulgados pelo Ministério da Saúde.

O Campeonato Paulista foi paralisado na décima rodada, por causa da pandemia do coronavírus. Na ocasião, faltavam duas rodadas para o fim da fase de grupos e mais quatro para os mata-matas.

A última partida do Tricolor foi a vitória por 2 a 1 sobre o Santos, no Morumbi, no dia 14 de março, com portões fechados.

Em busca de soluções, a Federação Paulista de Futebol marcou para a próxima segunda-feira (20) uma reunião com os médicos dos clubes para estabelecer um protocolo contra a pandemia do novo coronavírus, penando também no retorno das competições esportivas.

Os clubes da primeira divisão do Paulistão combinaram que quando forem autorizados pelo ministério da saúde, voltarão juntos aos treinos. Mas não há uma data para isso ocorrer.

Com a confirmação do prolongamento da quarentena no estado de São Paulo, a diretoria Tricolor prolongou o período de férias de seus atletas e funcionários por mais dez dias.

Fonte: Globoesporte.com
Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara