in ,

São Paulo ainda não demitiu Diniz pois não tem um nome de consenso para assumir o clube

São Paulo ainda não demitiu Diniz pois não tem um nome de consenso para assumir o clube - Foto: Divulgação

Apesar dos péssimos resultados e ver as chances de título diminuírem cada vez mais, Diniz ainda é bancado como treinador do São Paulo

O São Paulo tem debatido a demissão com frequência desde a goleada sofrida para o Internacional por 5 a 1, quarta (20), no Morumbi. A decisão foi dar um voto de confiança e mantê-lo contra o Coritiba, novamente em casa. O Tricolor, porém, voltou a apresentar problemas e acabou empatando em 1 a 1. 

O motivo mais forte para a manutenção do treinador é o fato de não ter um nome de consenso para assumir o São Paulo nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Apesar da má fase, o Tricolor por enquanto está na vice-liderança, com 58 pontos em 32 partidas. O Inter é líder com 59, mas joga hoje (24) contra o Grêmio e pode abrir uma vantagem ainda maior.

LEIA MAIS
O que se sabe sobre o ataque ao ônibus do Tricolor
Volpi e Reinaldo discutem na saída de campo e Diniz explica confusão
Julio Casares se pronuncia após ataque em ônibus do São Paulo

Sem vencer em 2021 (dois empates e três derrotas), Fernando Diniz permanece como técnico do São Paulo, mas o cenário pode mudar nos próximos dias.

A diretoria segue discutindo o futuro do treinador e ainda não o demitiu principalmente por falta de opções no mercado da bola. Rogério Ceni era o nome dos sonhos, mas não deixará o Flamengo agora. 

Foto: Divulgação
Fonte: UOL Esporte

O que achou?

-1 pontos
Upvote Downvote

Escrito por Natália Milreu