in , ,

São Paulo 1×1 Botafogo + arbitragem

Foto: Divulgação

São Paulo fica no empate contra o Botafogo (e arbitragem) na estreia do Campeonato Paulista

Em uma noite com atuação desastrosa da arbitragem, São Paulo sai atrás no placar, mas consegue empate com Arboleda.

Pablo fez um gol legal, que foi mal anulado e no finzinho do jogo, Hernanes sofreu pênalti, que fora ignorado pelo VAR.

O JOGO

Começa o jogo e o São Paulo chega bem

Igor Gomes fica com a sobra do escanteio na entrada da área e chega batendo firme de direita, Igor, goleiro do Botafogo, espalma para fora! Primeiro escanteio do jogo

Reinaldo manda na trave!

Aos 9 minutos, Reinaldo recebe na intermediária domina, avança e chuta cruzado. A bola passa toca na trave antes de sair.

Mais uma vez Reinaldo

Igor Gomes cruza da direita, Sara disputa na área, mas a bola sobra na esquerda. Reinaldo chega batendo de primeira, mas acerta a rede do lado de fora do gol!

Luciano perde gol feito

Aos 38 minutos, Arboleda recebe o cruzamento na área e cabeceia para baixo, Luciano dominou a bola e ficou livre para abrir o marcador. O atacante encheu o pé e mandou por cima do gol.

Começa o segundo tempo e o Botafogo abre o placar

Em um contra-ataque, Marlon recebe lançamento na direita, corta Léo e cruza na segunda trave para Dudu, que chega se esticando todo para acertar a bola e chutar no cantinho de Volpi. IMPRESSÃO É QUE O GOL FOI ILEGAL, MAS A IMAGEM NÃO FOI DISPONIBILIZADA.

Luciano tenta de novo

Igor intercepta o cruzamento na área do Botafogo, mas entrega nos pés de Luciano, que bate de esquerda. O chute sai forte, mas explode na marcação.

17´ST Entra Tchê Tchê e sai Gabriel Sara (que inclusive, estava muito mal em campo.

Igor Vinícius tentou, mandou pra fora e saiu.

28´ST – Entraram Bruno Rodrigues e Galeano. Saíram Igor Vinícius e Léo

GOOOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!

Luciano toca para Daniel Alves na esquerda, que cruza na segunda trave para Pablo chegar cabeceando. O atacante toca para Arboleda chegar cabeceando. Gol de empate!

Quase a virada

Tchê Tchê recebe na entrada da área, puxa para a direita e chuta colocado buscando o cantinho do gol. A bola passa perto da trave de Igor.

37´ST – Entra Hernanes e sai Igor Gomes

Gol mal anulado!

Daniel Alves recebe lançamento na área e cabeceia para trás para Galeano. O atacante puxa para a linha de fundo e cruza. Pablo domina de direita, gira em cima da marcação e bate forte de esquerda para marcar! O assistente marca impedimento de Daniel Alves.

(Detalhe na foto: A linha foi colocada no braço e não no ombro de Daniel Alves.)

Imagem

Hernanes manda uma bomba e goleiro defende em dois tempos

Camisa 15 do Tricolor recebe na entrada da área e chuta forte de esquerda. Igor faz a defesa em dois tempos!

Na trave!!

Daniel Alves cruza na área do Botafogo, e a zaga consegue afastar. Na sobra, Hernanes domina, tromba com a marcação e abre para Galeano. O atacante puxa para a linha de fundo e bate direita. A bola desvia e pega na trave! Na sequência a zaga do Botafogo tira para escanteio.

CADÊ O VAR?

No lance anterior, Hernanes sofreu falta na área, que seria pênalti. O lance passou por revisão, mas o juiz de campo sequer foi ver e nem deixou o São Paulo cobrar o escanteio.

RESUMO DO PRIMEIRO TEMPO

Em seus primeiros 45 minutos sob a direção de Hernán Crespo, o São Paulo comandou o jogo contra o Botafogo-SP na estreia do Campeonato Paulista.

Jogando com três zagueiros e tendo Daniel Alves como primeiro volante, o Tricolor Paulista dominou o rival, mas não conseguiu marcar um gol – apostou em chutes de longe e em cruzamento, muitas vezes, e viu Luciano perder um gol da pequena área.

Vale lembrar que o time pecou em cruzamentos errados de Igor Vinícius e Reinaldo.

Resumo do segundo tempo

O São Paulo se lançou à frente na volta do intervalo, mas, foi o Botafogo-SP que abriu o placar logo aos dois minutos. O Tricolor aumentou a pressão. Léo, aos dez, parou em grande defesa de do goleiro do time de Ribeirão. Igor Vinicius, de cabeça livre na área, perdeu grande chance aos 25.

De tanto tentar, o empate saiu aos 29. Após cruzamento de Daniel Alves, Pablo desviou de cabeça e Arboleda completou. O São Paulo chegou a virar aos 41, com Pablo, mas a arbitragem marcou impedimento de Daniel Alves, confirmado em seguida pelo VAR. No último lance, Hernanes pediu pênalti, o árbitro não marcou e revoltou os são-paulinos ao terminar o jogo antes da cobrança do escanteio.

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Natália Milreu