in ,

Saiba qual será a função de Milton Cruz na volta ao Tricolor

Saiba qual será a função de Milton Cruz na volta ao Tricolor - Foto: site oficial / saopaulofc.net

Milton Cruz retornou ao São Paulo para trabalhar, inicialmente, com as categorias de base

O assessor técnico permanente fará a integração entre base e profissional, em Cotia. O clube anunciou o retorno do auxiliar na noite desta terça-feira.

A função de Milton Cruz será o de selecionar jogadores da base para participar de treinamento com o elenco principal, comandado por Hernán Crespo.

Com isso, o assessor terá um contato direto tanto com o treinador argentino como com Muricy Ramalho, que como coordenador técnico também fará essa ponte entre Cotia e Barra Funda.

LEIA MAIS
Presidente do Internacional nega investida em Gabriel Neves
Arboleda foi liberado pela diretoria e não enfrenta o Novorizontino

A ideia da diretoria são-paulina é que haja uma integração maior entre os profissionais e as categorias de base. No elenco profissional atual, por exemplo, mais da metade dos atletas foram revelados na base.

Antes de retornar ao São Paulo, Milton Cruz retirou um processo de R$ 28 milhões que moveu contra o clube em 2017 e abriu mão de R$ 1,8 milhão que tinha a receber.

Demitido pelo presidente Leco em 2016, Milton Cruz pedia diversos valores: horas extras excedentes nos dias de semana e nos domingos em que trabalhou, equiparação salarial aos treinadores que substituiu quando atuou como técnico interino, cálculos de bichos e ganhos mensais pela CLT e não como direito de imagem.

O retorno de Milton Cruz para o São Paulo teve um papel fundamental de Muricy Ramalho. O atual coordenador técnico do Tricolor trabalhou durante anos com o auxiliar e foi um dos grandes entusiastas do profissional.

Segundo o Tricolor, Milton Cruz fez 43 jogos como técnico interino ou substituto, com 23 vitórias, 7 empates e 13 derrotas. Como jogador, foram 55 jogos: 28 vitórias, 17 empates, 10 derrotas e 27 gols.

Foto: saopaulofc.net
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara