in ,

Rusgas de Ceni com Leco já vinha desde o seu jogo de despedida

O cantor do IRA!, Nasi, revelou em entrevista para o Blog do Menon, do UOL Esporte, que Ceni barrou Leco do vestiário em seu jogo do despedida 

Em entrevista para o Blog do Menon, do UOL Esporte, o cantor do IRA!, Nasi, são-paulino fanático e que tocou na despedida do M1to, revelou que as rusgas de Leco e Ceni já aconteceram em sua despedida do Tricolor. 

A festa de despedida do Rogério Ceni não teve participação nenhuma do São Paulo. Foi tudo feito pelo Pinotti (ex-diretor de futebol), pelo meu irmão, que é empresário de palestras do Rogério e pelo próprio Rogério, que estava meio reticente, porque o time não andava bem“, falou. 

O clima estava meio tenso. Os segurança não eram do São Paulo, eram contratados e impediram todo tipo de carteirada. Enfim, as coisas não andavam bem. 

Os dois times, campeões do mundo de 92/93 e 2005 estavam no mesmo vestiário. Então, veio um segurança avisar que o Leco e alguns diretores queriam entrar para conversar.

“Não, foi a resposta do Rogério. Mas ele é o presidente. Não, aqui só entra jogador. E não entrou ninguém”

O clima já não era bom. Influenciou na saída do Rogério como treinador, não acha?

“Acho que sim. Ele trouxe o Rogério como um escudo e depois descartou em cinco minutos. Não seu suporte, vendeu jogadores e não segurou. E nem tinha pressão. A torcida nunca o chamou de burro”

Nasi também comentou sobre o técnico Diniz, continuidade do Paulistão e a a possibilidade de rebaixar o rival na competição. 

“Cara, o Diniz precisa de uma continuidade. Eu não confiava muito, nas o time está bem. Mas o São Paulo anda muito cagado. Estava bem no campeonato e veio a pandemia”, disse. 

E completou: “Sim. E dava para rebaixar o SCCP. Nem sei o que seria mais legal”. (muita risada). 

Foto: Eduardo Anizelli –  Folhapress
Fonte: Blog do Menon – UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu