in ,

Renato Gaúcho sugere reunião de treinadores com Gaciba

Grêmio reclama dois pênaltis (em Pepê e Geromel) nem checados pelo VAR, além de entradas duras em Alisson e Luiz Fernando

Segundo Renato Gaúcho e dirigentes do Grêmio, o clube gaúcho foi mais uma vez prejudicado pela arbitragem nesse Brasileirão.

Em coletiva de imprensa pós-jogo, o técnico Renato Portaluppi evitou criticar diretamente ao árbitro Rafael Traci, e focou em Leonardo Gaciba, chefe da Comissão Nacional de arbitragem da CBF:

“A autoridade é o árbitro do jogo. Por conta disso, ele tem que checar o VAR. Esta é minha bronca. Faz um programa ao vivo ou uma live entre o Gaciba e alguns de nós treinadores, pega uns sete, oito treinadores. Aí vamos saber fazer as perguntas certas para ele. Só falar em programa de televisão e não responder pergunta é fácil. Nós temos a ferramenta, mas não estamos sabendo usar o VAR”, disse Renato, antes de acrescentar:

“Eu nunca critiquei a arbitragem. A minha crítica é construtiva para a arbitragem. O árbitro é a autoridade do jogo, e por isso, ele tem que checar o VAR. Se tem o VAR, tem que ser usado”.

Renato, por sua vez, já havia mencionado Gaciba depois da derrota de 2×1 para o Santos, na Vila Belmiro, no domingo passado. Na oportunidade, o Grêmio também questionou a ausência da checagem do VAR em lance que poderia ser dado pênalti.

Fonte: torcedores.com
Foto: UOL

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara