in ,

Relembre a primeira passagem de Calleri no São Paulo

Calleri no Morumbi. (Foto: Eduardo Knapp-folhapress)

Vindo por empréstimo do Boca Juniors, Calleri chegou ao Tricolor sem muito alarde, e em pouco tempo, caiu nas graças da torcida são-paulina

O atacante Jonathan Calleri acertou seu retorno ao São Paulo na última segunda-feira. De volta ao Tricolor, o argentino tem a missão de repetir (ou melhorar) o bom desempenho da sua primeira passagem, em 2016.

Naquela época, Calleri foi o quarto reforço do São Paulo para a temporada. Ele chegou por empréstimo de apenas seis meses do Boca Juniors. Além dele, o clube trouxe o zagueiro Lugano, o lateral-esquerdo Mena e o atacante Kieza.

Contratado para ser um dos principais jogadores do ataque são-paulino, o argentino correspondeu e logo em sua estria, diante do César Vallejo-PER, pela Libertadores, já deixou sua marca. No segundo jogo, foram mais dois gols diante do Água Santa, pelo Campeonato Paulista.

Ao longo de sua passagem pelo Tricolor, Calleri marcou 31 gols em 16 jogos, uma média de um gol a cada 4,7 finalizações. O argentino ainda anotou três assistências, acertou 39 de 76 finalizações e deu 23 assistências para chutes dos companheiros, segundo o ‘Footstats’.

BIENVENIDO DE VUELTA A TU CASA JONI.

Número dele no Tricolor:

31 jogos
16 gols
3 assistências
39/76 finalizações no alvo
23 assists para finalização

▸ Fez 1 gol a cada 4,7 finalizações
▸ Participou de 1 gol a cada 126′
▸ Participou de 1 finalização a cada 24′

Callri com seu primo, no CT da Barra Funda.

Foto: Eduardo Knapp-folhapress

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara

Back to Top

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. %privacy_policy%

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.