Raio X Tricolor 2016 – Carlinhos

Polivalente, volta a atuar pela lateral e dificilmente será utilizado no meio campo; parte física atrapalhou o atleta durante a última temporada

Depois de boas temporadas defendendo o Fluminense, Carlinhos chegou ao São Paulo sob entusiasmo da torcida, porém lesões e más partidas fizeam com que o jogador perdesse espaço no time e apoio das arquibancadas.

Pouco antes de começar o Paulistão, Carlinhos teve uma contusão, voltou a jogar, não foi bem, foi para o banco, teve outras chances, jogou no meio, cresceu e reconquistou parte da torcida.

Nome: Carlos Andrade Souza
Posição: Lateral Esquerdo
Data de nascimento: 23/01/1987 (28 anos)
Local de nascimento: Vitoria da Conquista-BA
Altura: 1,75 m
Primeiro clube: Santos
Jogos disputados pelo São Paulo: 32

RAIO X  – LUIZ EDUARDO

Em 2015: Carlinhos foi muito utilizado quando esteve em condições de jogo. Chegou a gerar certo atrito com Michel Bastos o fato de ocupar a posição do meia, e recuar o mesmo para lateral esquerda. Atuando na armação fez bons jogos e criou boas oportunidades, mas era visível seu desconforto. Não conseguiu dar dinâmica no meio campo e suas jogadas eram quase que exclusivas de sua individualidade.

Jogos: 30
Desarmes: 65
Cruzamentos certos: 20
Cruzamentos errados: 98
Passes para finalização: 31
Assistências: 6
Cartão amarelo: 3
Gols: 2

Expectativa em 2016:  Carlinhos será o titular neste começo de temporada, mas será observado de perto e terá gente de olho em sua vaga. Mena, Matheus Reis e Reinaldo são os substitutos imediatos para posição. Sua característica de apoiar o ataque deverá uma opção tática no time, e demandará a necessidade e estilo de jogo a ser disputado. Com menos contusões, deve ter mais ritmo e ganhar mais confiança, inclusive, dele próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *