Raio – X Atlético Nacional (COL) |Libertadores 2016

Conheça a equipe colombiana que tem até o momento a melhor campanha na Libertadores.

Club Atlético Nacional S.A é um clube muito tradicional do futebol colombiano, mais precisamente da cidade de Medellín. O Atlético Nacional como é chamado é o maior campeão nacional com 15 títulos, o esporte é praticado no clube desde 1947.

Nosso adversário na decisão da semifinal da Libertadores é um dos mais perigosos do torneio, o Atlético Nacional (COL) o time com melhor campanha até o momento na competição vai encarar o Tricolor que utilizará do Morumbi mais uma vez a sua grande arma para um resultado positivo.

Estádio Antanasio Girardot

Os “Verdolagas” como são chamados pelo apelido na Colômbia, mandam seus jogos no Estádio Antanasio Girardot com capacidade de 44.000 pessoas e costumam apoiar com muita vibração sua equipe com a tradicional torcida nos países sulamericanos.

O Atlético Nacional conquistou uma vez a Libertadores, em 1989 o time foi campeão sobre o Olímpia (PAR) com um grande time e que contava com Pablo Escobar, jogador que se envolveu com o narcotráfico colombiano e acabou sendo morto em 1993.

Nesta Libertadores o técnico Rueda conseguiu montar uma equipe muito rápida e eficaz. O ponto forte da equipe colombiana são jogadas rápidas pelas alas e finalização após jogada iniciada pelas pontas. O time se classificou em primeiro lugar na fase de grupos com 16 pontos que tinha Huracán (ARG), Sporting Cristal (PER) e Peñarol (URU), o melhor da competição com 5 vitórias e um empate nos 6 jogos disputados.

Na fase eliminatória o Atlético Nacional (COL) passou por Huracán (ARG) nas oitavas e pelo Rosário Central (ARG) nas quartas se classificando com um gol heroico no apagar das luzes.

Os destaques da equipe são: O meia Guerra (estilo de jogo muito parecido com o do Ganso), o goleiro Armani, o ala Marlos Moreno e o volante Meíja.

+ Confira a lista dos relacionados para São Paulo x Atlético Nacional (COL)!

O time colombiano perdeu algumas peças na pausa de 48 dias entre as quartas de final e a semifinal, uma delas era destaque da equipe, o ala Copete acertou com o nosso rival da baixada santista, já o atacante Berrío foi expulso na última partida contra o Rosário Central (ARG).

Em contra-partida o time colombiano acertou com o centro-avante Borja que deve ser titular contra o São Paulo, o lateral-esquerdo Edwin Velasco, o volante Elkin Blanco, o meia Cristian Dájome, e o atacante Ezequiel Rescaldini.

Os “Verdolagos” devem vir escalados com: Armani (GOL), Henríquez e Davinson Sanchez (ZAG), Faríd Díaz e Bocanegra (LAT), Pérez e Mejía (VOL), Guerra (MEIA), Ibarguén e Marlos Moreno (ALAS) e Borja (ATA).

Os colombianos relembram com orgulho o último confronto contra o Tricolor que foi na semifinal da Sulamericana de 2014 quando o time comandado por Osório na época eliminou o São Paulo nos penaltis. Mas, dessa vez a história e a competição são diferentes, agora é Libertadores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *