in ,

Raí: “Não dá para colocar a culpa na altitude. Era um jogo que deveríamos ganhar”

Dirigente do Tricolor falou sobre as diversas chances perdidas de gol no primeiro tempo e ressaltou que apesar da altitude, a equipe tinha que ter matado o jogo no primeiro tempo

Raí comentou em entrevista sobre o péssimo resultado do Tricolor na estreia da Libertadores, no Peru, contra o Binacional. 

Para o dirigente, a equipe não pode colocar a culpa na altitude, já que criou diversas chances no primeiro tempo para matar o jogo após sair na frente no placar, mas, mais uma vez, não teve pontaria. 

“Decepcionado, chateados, é normal. São pontos que não poderíamos ter deixado escapar. Não temos muito tempo, quarta-feira já tem jogo. Para a Libertadores, quarta-feira, temos que mostrar um poder de reação, usar esse golpe que sentimos para mostrar. Temos que pensar na classificação, temos um grupo difícil. O time vem em um trabalho consistente”, disse o dirigente. 

E completou: “O jogo é outro com altitude. Mas quando pegamos o jogo, dava para ganhar, criamos chances para matar o jogo no primeiro tempo. É difícil analisar. Até lucidez acaba faltando pelo cansaço. Mas não é desculpo, deveríamos ter saído daqui com um resultado melhor. Temos dois jogos em casa para recuperar os pontos perdidos aqui dentro. Clima de tristeza no vestiário, sabemos que criamos muito mais que o adversário. Fomos surpreendidos com um gol no começo do segundo tempo, aí não tínhamos mais forças para recuperar. Era para ter matado o jogo no primeiro tempo.”

Foto:

O que achou?

Escrito por Natália Milreu