in ,

Raí fala sobre as lesões que atrapalham o Tricolor e DM do clube

Tricolor mais uma vez sofre com lesões nesta temporada. O diretor de futebol, Raí, comentou sobre os jogadores machucados e o tempo de recuperação

Em entrevista nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda, o diretor de futebol, Raí comentou sobre as lesões dos jogadores, o tempo de recuperação dos atletas e o departamento médico do clube, que é alvo de muitas críticas por parte da torcida.

“A questão do Pablo foi inusitada, um cisto (na coluna lombar)… No Athlético-PR ele vinha jogando e aqui, por algo que já existia, aconteceu. A maioria das nossas lesões foi por traumas. O Hernanes vinha de férias. A gente faz esse levantamento porque temos de comparar com nossos adversários. Nada anormal do que acontece nos outros clubes. Que a gente tenha uma sequência boa para aí brigar. Tem time para isso. Tem exemplos concretos com arrancadas do Palmeiras, Santos, agora o Flamengo. Mostra o que é o Brasileiro: equilibrado. Tivemos cinco vitórias seguidas. Agora deu uma queda”, disse. 

E completou: “Nesse ano não vejo nada diferente de outros clubes. Foram jogadores com lesões a curto, médio e longo período, e eles voltaram todos juntos. É uma equipe pronta que pode brigar lá em cima. Pudemos nos manter entre os primeiros, tivemos uma arrancada, vamos atrás da retomada.”

Raí comentou que o clube têm reuniões semanais de avaliações entre todos os setores. 

“Isso é constante, quando a gente tem um número de problemas que afeta a equipe tem reunião semanal. Desde o ano passado teve mudanças no departamento médico e vamos reforçando”, finalizou. 

Segundo o Globoepsorte.com, nos últimos meses, o médico Auro Rayel foi para a base, e Tadeu Moreno está no profissional. 

Foto: Reprodução 
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu