in ,

Quis o destino que o reencontro do M1to com o Morumbi não tivesse torcida

Foto: saopaulofc.net

Tricolor fará a sua estreia no Campeonato Brasileiro contra o Fortaleza, nesta quinta-feira, às 19h15, no Morumbi; não vai ser dessa vez que o M1to reencontrará a torcida em nosso estádio

Nesta quinta-feira, o Tricolor recebe o Fortaleza, no Morumbi, às 19h15, comandada pelo M1to. Apesar de ser um confronto cercado de expectativa, será a segunda vez que o encontro tão esperado entre o ex-goleiro e torcedores no Cícero Pompeu de Toledo não acontece.

Isso porque o jogo desta quinta será realizado com portões fechados, assim como todos os outros do Brasileirão. Além disso, no ano passado, o São Paulo recebeu o Fortaleza no Pacaembu, pois naquela semana o Morumbi recebeu o show da banda Iron Maiden.

O confronto, válido pelo segundo turno do Brasileirão de 2019, terminou empatado em 2 a 1. Pablo abriu o placar para o Tricolor com um gol de cabeça e Wellington Paulista, de pênalti, deixou tudo igual ainda na primeira etapa. Já no final da partida, Antony foi à linha de fundo e cruzou na medida para Igor Gomes garantir a vitória dos mandantes.

Antes da bola rolar, Rogério Ceni foi ovacionado pelos são-paulinos que lotaram o Pacaembu. Após o jogo, o comandante do Fortaleza falou sobre o momento especial.

“Sou muito grato de estar ainda trabalhando com o futebol após quatro anos da minha saída do São Paulo. Confesso a você que hoje queria sair daqui com uma melhor sorte para o Fortaleza, mas fora do campo é algo extremamente gratificante, mostra o reconhecimento da dedicação que você teve durante toda a carreira. Depois que apita o início do jogo, logicamente o torcedor quer o resultado para ele, e nós queremos o resultado para o time que trabalhamos”, afirmou na ocasião.

Enquanto o São Paulo ainda não disputou uma partida pelo Brasileirão, o Fortaleza estreou na competição com uma derrota por 2 a 0 para o Athletico Paranaense, jogando em casa.

Foto: saopaulofc.net
Fonte: Gazeta Esportiva

O que achou?

Escrito por Natália Milreu