in ,

Quem vai pagar o “Pato”?

Embora não tenha tido um custo inicial, Tricolor irá desembolsar cerca de R$ 36 milhões até o fim de seu contrato em 2022 por uma “composição financeira”

De abril – mês da contratação – a dezembro deste ano, o São Paulo desembolsou 400 mil euros (R$ 1,7 milhão). Ou seja, aproximadamente R$ 190 mil por mês. A partir de 2020, porém, o atacante passa a ter um salário de aproximadamente R$ 700 mil, um aumento de mais de R$ 500 mil em relação a 2019.

Veja o que ainda falta pagar por Pato entre salários + luvas + direitos de imagem:

  • 1,9 milhão de euros (R$ 8,4 milhões) de janeiro a dezembro de 2020;
  • 1,9 milhão de euros (R$ 8,4 milhões) janeiro a dezembro de 2021;
  • 1,9 milhão de euros (R$ 8,4 milhões) janeiro a dezembro de 2022;
  • Total: 5,7 milhões de euros (R$ 25,2 milhões)

Além disso, o São Paulo também se comprometeu a pagar a rescisão de contrato do jogador com o clube chinês, o que representa mais R$ 11 milhões para os cofres do clube.

Rescisão de Pato com clube chinês que será ressarcida pelo São Paulo (valores líquidos):

  • 300 mil euros (R$ 1,3 milhão) até dezembro;
  • 733 mil euros (R$ 3,2 milhões) até dezembro de 2020;
  • 733 mil euros (R$ 3,2 milhões) até dezembro de 2021;
  • 733 mil euros (R$ 3,2 milhões) até dezembro de 2022;
  • Total: 2,5 milhões de euros (R$ 10,9 milhões)

Valor total que o Tricolor pagará por Pato até dezembro de 2022: R$ 36,1 milhões

Fonte: globoesporte.com
Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara