Prefeitura de São Paulo ofereceu Morumbi para a final da Libertadores

A oferta, no entanto, foi feita sem consultar a Polícia Militar. Mas CBF e a Conmebol são contra a realização da partida no Brasil

Sem ter um local definido para a final da Libertadores entre Boca Juniors e River Plate, vários países estão se oferecendo para sediar essa partida histórica. 

E foi o que fez a Prefeitura de São Paulo, ao oferecer o Morumbi e o Pacaembu, mas sem consultar a Polícia Militar. O comandante do 2º Batalhão de Choque da capital, responsável pelo policiamento nos estádios de São Paulo, disse que a PM “não foi consultada” sobre a possibilidade de o jogo ser realizado no Morumbi ou no Pacaembu, como a prefeitura divulgou.

“Vários ajustes teriam que ser feitos, especialmente num jogo que não vai ser na Argentina por problemas de segurança. O eventual jogo em São Paulo teria que ser com torcida única, como são os clássicos aqui, por exemplo”, disse. 

Apesar de São Paulo e outras cidades brasileiras se oferecerem para sediar a grande final entre os times argentinos, nem a CBF e Conmebol querem realizar o jogo no Brasil. 

A cidade favorita para receber a partida agora é Doha, no Catar. A decisão deve ser anunciada nesta quinta-feira. 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *