Por pressão interna, Leco pensa em não renovar com Raí

A gestão de Leco é horrorosa, e nos últimos dias, conselheiros aumentaram a pressão interna com pedidos de reformulação no futebol; futuro de Raí agora é incerto

Com os últimos resultados ruins no Campeonato Brasileiro, a pressão interna sobre o Leco, Raí e cia no departamento de futebol do São Paulo aumentou. 

Segundo o UOL Esporte, o presidente tem feito reuniões com os conselheiros que pedem reformulação. Por isso, a situação do executivo de futebol, Raí, mudou, e a renovação de contrato ficou ameaçada.

A decisão só deve ser tomada após fim do Brasileirão. O desempenho da equipe nestes últimos jogos e uma classificação direta para a fase de grupos da Copa Libertadores devem contar pontos para o veredicto de Leco. Mas entre pessoas da base aliada já é cogitada até a substituição de Raí por um conselheiro, em vez de um profissional remunerado.

Antes, a renovação de Raí estava sendo estudada por Leco. Existia até a possibilidade de o acordo ter um formato diferente do atual —com a redução do valor atual pago mensalmente para o dirigente, mas com bônus por metas alcançadas.