Gómez – Por mais chances no time

Jonatan Gomez muda de posição para ter mais chances na equipe e se destaca em jogo-treino. E passa a ser concorrente de Petros e Jucilei

O meio campista mez se destacou no jogo-treino atuando como volante. Com a mudança, o atleta poderá ter mais oportunidades de atuar. Tornando-se concorrente de Petros e Jucilei ou boa alternativa para mudar a partida durante o jogo.

Contratado para atuar na armação de jogadas ao lado de Cueva, Jonatan Gómez atuará como volante a partir de agora. Dorival Júnior tornou o meia um aspirante as vagas, que atualmente ocupam Petros e Jucilei. No último sábado (02), em jogo-treino contra a equipe americana do Black Gold Oil FC. Jonatan chegou a ser o principal marcador, atuando na cabeça da área, e anotou dois gols na vitória por 6 a 1. Mas, de início, ele não irá jogar muito recuado.

Gomez atuando como volante

“O Jonatan trabalhou como primeiro volante em razão de não termos mais um atleta na função. Mas o que quer mesmo dele é como segundo volante, e ele tem qualidade e capacidade, boa distribuição de bola e chegando muito bem por trás para finalizar”. Ressaltou Dorival sobre a nova posição do camisa 33.

LEIA MAIS:

A utilização dele nesta função ocorre para aproveitar melhor o atleta, que custou aos cofres cerca de R$ 2,68 milhões (US$ 800 mil) em junho, e por necessidade. Pois faltam opões para o setor, que conta com os titulares Petros e Jucilei. E Militão que está sendo testado como lateral-direito. Para Dorival Jr, o argentino é a primeira opção a Jucilei. No esquema tático utilizado pelo tricolor (4-1-4-1). Petros é o cabeça de área, e Jucilei busca a bola, conduzindo-a a frente para construir ou arrematar a gol. Um dos pontos fortes do atleta, como ele demonstrou no jogo treino do final de semana.

Titular nos seus cinco primeiros jogos, Gomez tem 27 anos e chegou ao tricolor com aval de Lucas Pratto. Destas, quatro sob comando de Dorival, com a chegada de Hernanes o meia perdeu espaço no time titular. O comandante tricolor, viu que o jogador se esforçava na marcação e sentiu que ao atuar próximo da área ele não encontraria espaço para o chute. Vindo de trás com a bola, ele além de ter mais espaço para distribuir o jogo, teria oportunidades de finalizar. Por isso, trocou-o de posição.

O meia não deve sonhar com a titularidade agora. Mas a mudança de posição aumenta, consideravelmente, suas chances no elenco. Se neste sábado, contra a Ponte Preta, no Morumbi, o jogo estiver travado, o meia é uma das primeiras opções para mudar o cenário do jogo na visão de Dorival Júnior.
Foto: lance.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *