Pinotti falta em reunião do Conselho Deliberativo

O diretor de futebol, Vinícius Pinotti, não compareceu na reunião do Conselho Deliberativo para esclarecer os empréstimos feitos a Alan Cimerman

Na noite de segunda-feira (30), o Conselho Deliberativo do Tricolor fez uma reunião para Vinicius Pinotti explicar porque deu dinheiro para Alan Cimerman, mas o dirigente não compareceu. 

A reunião foi marcada a pedido da oposição, que busca esclarecer o porque de Pinotti dar dinheiro para o ex-gerente de marketing,  Cimerman, que foi demitido por justa causa do São Paulo por comandar um esquema de venda irregular de ingressos e camarotes dos shows do U2 e Bruno Mars, no Morumbi. 

Entre os meses de março 2016 e abril 2017, Pinotti fez 15 pagamentos para  Cimerman no valor de R$ 9.100, somando o total de R$ 136.500. Vale lembrar que Cimerman foi contrato a pedido de Vinicius Pinotti, que na época era diretor de marketing. O ex-gerente de marketing faturou bem no São Paulo, além dos R$ 136.500 pagos por Pinotti, ele recebia um salário de R$ 35 mil. 

Em setembro, quando o pagamento veio à tona, as duas partes apresentaram versões diferentes sobre o pagamento. Pinotti falou que deu o dinheiro “para ajudar uma pessoa que passava por dificuldades financeiras”, realmente quem recebe um salário de R$ 35 mil passa por muitas dificuldades financeiras. Já Cimerman falou por meio de seu advogado e disse que recebeu dinheiro por serviços prestados, e não por causa de doação.

Pinotti explicou o porque faltou na reunião do Conselho e se colocou à disposição para responder todos as perguntas por escrito.

LEIA MAIS:
+ Hernanes fala sobre as chances de continuar no Tricolor
+ A torcida mais apaixonada do Brasil

“Não quero nenhum tipo de enfrentamento. Não se pode discutir no Conselho uma questão referente a minha pessoa física. O São Paulo não tem nada a ver com os empréstimos. Mesmo assim, quem tiver alguma dúvida, eu respondo por escrito. Tudo que fiz no marketing e faço no futebol é um livro aberto, as pessoas podem procurar o que quiserem. Sou uma pessoa honesta e transparente, não temo nada” afirmou.

Além da questão de Pinotti, também foi anunciado que Edson Lapolla será o novo gerente de marketing, ele já foi candidato a presidente do São Paulo em 2001 e Mauro Castro, que trabalhava no estádio do Pacaembu, será o novo diretor remunerado do estádio do Morumbi

 Foto:  Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *