in ,

Pedido negado!

Presidente da AFA e clubes argentinos pediram alteração na data de retorno da Libertadores, que será em setembro; Conmebol negou

A Libertadores 2020 terá seu retorno no dia 15 de setembro, segundo o anúncio feito pela Conmebol, porém, os clubes argentinos tentaram postegar essa data, visto que o futebol no país vizinho ainda não tem data para voltar, e aqui no Brasil, muitos estados já voltarram aos treinos e às partidas oficiais.

Segundo o diário Olé, o presidente da Associação Argentina de Futebol (AFA), Claudio Tapia, teria conversado com a entidade, para tentar adiar o recomeço da competição. O futebol do país está paralisado desde abril.Os times deverão voltar a treinar sem problemas apenas em agosto.

Com isso, Tapia pediu pelo adiamento para ter, pelo menos, dois meses para que seus times treinem a fim de disputar a Libertadores. No entanto, a Conmebol recusou o adiamento e afirmou que, ‘se os clubes da Argentina não quiserem jogar, que eles não joguem’.

O máximo que o presidente da AFA conseguiu foi que os times argentinos que disputam a competição (Tigre, River Plate, Boca Juniors, Racing e Defensa y Justicia) possam jogar apenas a partir de 17 de setembro, dois dias após o retorno da competição. Na votação que definiu a volta da Libertadores, apenas os argentinos votaram contra a data.

A previsão é de que o Campeonato Argentino volte em outubro, ou melhor, será iniciado sua nova temporada. Na última superliga, o Boca foi campeão.

Fonte: Ole
Foto: Getty Images

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara