Pagamento parcelado

Tricolor paga parte da multa e deseja parcelar o restante. Rogério recebeu quase meio milhão de reais e aguarda documento oficial com a proposta de quitação 

Os diretores tricolores e o Mito começaram as negociações para o pagamento da multa contratual que o técnico tinha com o clube. Ao assinar a rescisão, ele recebeu R$ 400 mil; a comitiva são paulina negocia o pagamento do restante do valor de forma parcelada.

Com uma multa rescisória estipulada em R$ 5 milhões, por causa das eleições presidenciais que ocorreram no mês de abril, Ceni começou o seu trabalho durante a pré-temporada, em janeiro, realizada na terra do Tio Sam. Na Florida CUp, o Tricolor levou o caneco após duas vitórias nas penalidades máximas.

Porém, seus resultados em competições oficiais não foram tão boas e Com um aproveitamento de 49,5%, sendo 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas em 37 partidas disputadas, Rogério Ceni foi demitido no dia 3 de julho, um dia após a derrota para o Flamengo por 2 a 0, no Rio de Janeiro. Naquele momento o tricolor chegava a sexta partida seguida sem vitória e pela primeira vez entrava na zona do rebaixamento.

LEIA MAIS:
+ Clube interessado em Rodrigo Caio oferece cerca de R$ 70 milhões
+ Jogador x Jogador. Quem são melhores no Choque-Rei?

 

Receando perder seu cargo de treinador caso a oposição viesse a ganhar as eleições presidenciais no clube, Ceni pediu que essa multa de R$ 5 milhões fosse colocada em seu contrato. Saiba mais aqui.

Para o portal de notícias, GloboEsporte.com, Rogério confirmou que a diretoria tricolor o procurou para tratar do assunto. Mas ainda aguarda o recebimento oficial da proposta de quitação do débito.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *