O vai e vem Tricolor

Garantido na fase de grupos da Libertadores, o Tricolor paulista começa a reformular o elenco

O São Paulo viveu um ano decepcionante em 2019: investiu muito e trouxe jogadores de renome, como Hernanes e Pato de volta, mas não conquistou nenhum título, além de ter apresentado um desempenho insuficiente no Campeonato Brasileiro. 

VALE LEMBRAR QUE o São Paulo passou vergonha na Copa do Brasil e na Libertadores, quando foi eliminado na fase prévia, para o Talleres-ARG.

Veja todas as informações do mercado tricolor abaixo:

Quem chegou?

  • Igor Vinicius (lateral-direito) – São Paulo comprou o jogador que pertencia ao Ituano
  • Vitor Bueno (meia-atacante) – Tricolor fechou a compra definitiva do jogador por quatro anos em uma troca com o Santos por Raniel
  • Tiago Volpi (goleiro) – O São Paulo comprou em definitivo o arqueiro, que agora tem vínculo até 2023

Quem pode chegar no São Paulo para 2020?

  • (?)

Quem pode deixar o São Paulo em 2020?

Com problemas financeiros, o São Paulo pode acabar tendo que vender alguns de seus jogadores mais valorizados:

  • Antony (atacante): o garoto de 19 anos tem muito mercado na Europa e pode acabar deixando o São Paulo. Recentemente, o Borussia Dortmund enviou representantes para analisar o desempenho do jogador. Depois, o RB Leipzig também entrou na disputa pelo jogador de 19 anos. Assim, seu destino pode ser a Alemanha.

Quem deixou o São Paulo?

Apenas dois jogadores do elenco são-paulino já tem a saída garantida para 2020 (e ambos estavam emprestados, fora do grupo comandado por Diniz). São eles:

  • Diego Souza (atacante): o veterano terminou seu contrato em dezembro de 2019. Não terá seu vínculo renovado, depois que retornar do Botafogo.
  • Bruno Peres (lateral-direito): chegou para ser a solução da posição, após a saída de Éder Militão, mas ficou longe de convencer e foi emprestado ao Sport Recife. Seu contrato com o São Paulo se encerra no final de ano e ele retornará à Itália. 
  • Raniel (atacante): sem fazer uma boa temporada, Raniel foi para o Santos em troca envolvendo Vitor Bueno
  • Pedro Bortoluzo (atacante): com apenas um jogo pelo São Paulo, Pedro Bortoluzo não deixará saudades na torcida quando seu contrato se encerrar, em março de 2020. Foi emprestado ao Criciúma e sequer chegou a jogar pelo time catarinense. Agora, o atacante irá defender o Votuporanguense para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista.
  • Jean (goleiro): Após crime cometido nos EUA, o goleiro não jogará mais pelo São Paulo e ficou livre para negociar com outro clube. Foi emprestado ao Atlético-GO
  • Hudson (volante ): sem espaço no time de Fernando Diniz, o volante foi emprestado ao ​Fluminense até o fim desta temporada
  • Thomaz (meia): perto do fim de seu contrato com o Tricolor, o jogador atuará pela Inter de Limeira até o fim do estadual
  • Rony (zagueiro): assim como Thomaz, o defensor tem seu contrato chegando ao fim, e para não ficar parado, foi emprestado ao Figueirense para a disputa do campeonato catarinense.
  • Lucas Kal (zagueiro): o defensor renovou seu contrato com o América-MG 
  • Everton Felipe (meia): após confusão em sua negociação, o jogador por fim acertou com o Cruzeiro até o fim desta temporada.
  • Calazans (atacante) – o meia-atacante está fora dos planos, foi liberado da reapresentação e não fica em 2020. Uma das possibilidades é uma rescisão amigável ou uma negociação para outro clube.
  • Cássio (meia) – jogador da base foi vendido ao Leganés, da Espanha
  • Léo Natel (atacante) – tem pré-contrato assinado com o Corinthians e treina separado no São Paulo até junho.
  • Araruna (meia): jovem promovido ao profissional com Rogério Ceni, ficou sem espaço e foi cedido com manutenção de passe, ao Reading FC da Inglaterra.
  • Lucas Paes (goleiro): sem nenhuma chance no elenco profissional, o garoto que tinha seu contrato perto do fim, foi liberado, mas o Tricolor ficará ainda com 40% do passe do jogador. Ele irá defender o Vitória de Setubal, de Portugal
  • Caio Felipe (lateral): Campeão da Copinha de 2019, o lateral foi emprestado ao CSA. Jogador tem contrato com o São Paulo até o meio de 2022.
  • Jucilei (volante): jogador teve seu contrato rescindido de forma amigável com o clube e está livre.

Quem voltou de empréstimo e segue no São Paulo?

Sete jogadores emprestados voltam ao elenco do São Paulo. Entre eles, temos várias promessas que não deram certo, bem como alguns veteranos que buscam um novo espaço. São eles:

  • Brenner (Fluminense): o garoto se destacou em treinos e participou da primeira rodada do Paulistão.
  • Shaylon (Bahia): emprestado ao Bahia, Shaylon não teve um grande ano: até empolgou no começo e foi considerado o melhor meia do campeonato estadual, mas sumiu durante o Brasileirão e não foi utilizado por Roger Machado. Deve ter uma chance com Fernando Diniz
  • Tréllez: o colombiano voltou de empréstimo e após recusas de saída, foi reintegrado ao time. 

Com futuro indefinido:

  • Maicosuel: o atacante retornou de empréstimo, mas sequer se reapresentou. Sem espaço no clube, será negociado, caso algum time demonstre interesse. Seu contrato acaba em maio deste ano.
  • Gabriel Novaes: Após uma temporada na Espanha, o jogador não foi muito aproveitado e “devolvido” ao São Paulo. Até o momento o atacante não tem um futuro definido.
  •  Paulinho Boia: garoto de Cotia chegou a atuar bem com Diego Aguirre, mas foi afastado do grupo e emprestado. O Cruz Azul, do México tentou a contratação do jogador, mas o jovem não passou nos exames médicos e retornou ao São Paulo. Clube tentará negociá-lo.
  • Jucilei: o Vasco tinha negociações com o jogador, mas desistiu por conta da alta pedida salarial. O São Paulo não descarta a saída do atleta, que tem um dos maiores salários do elenco;
  • Jonatan Gómez: grande destaque do CSA no ano, o argentino brilhou com a camisa do clube alagoano. 

Foto: Divulgação