in ,

O que vier “é lucro”

Segundo Marco Aurélio Cunha, o São Paulo não irá entrar na ação contra o Juventude, mas ficará de olho na decisão do STJD

O São Paulo não entrará como interessado na ação do Tombense no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o Juventude. Uma punição ao clube gaúcho poderia dar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil ao Tricolor.

O Tombense alega uma suposta escalação irregular do lateral-direito Carlinhos, do Juventude, que estaria atuando por meio de uma liminar, que teria sido cassada.

+ São Paulo tem marca negativa desde 1940.

De acordo com o diretor-executivo, Marco Aurélio Cunha, o São Paulo soube da ação, mas irá monitorar a situação à distância, sem acionar as autoridades.

– Não temos nenhum interesse em nos aprofundar nesse caso. O Tombense que avalia suas reais condições, necessidades. É do seu interesse. O nosso foco todo é o Campeonato Brasileiro. Perdemos a vaga para o Juventude. Agora, nossa ambição tem que ser o Campeonato Brasileiro. Eventualmente, os tribunais analisarão isso, mas não por intermédio do interesse do São Paulo – disse o diretor que seguiu dizendo que se a vaga vier, não será negada.

– Não precisamos ser terceiro interessado. O monitoramento é natural. A mídia vai acompanhar, o Tombense vai acompanhar. Mas com o objetivo de tirar a vaga de Juventude, não. Por nosso intermédio, não. Se alguém interceder por isso, sem que seja o São Paulo, é outra conversa. Atendemos instâncias superiores. Nem por isso preciso solicitá-las. O São Paulo não entra nesse processo – finalizou Marco Aurélio.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0