in ,

Ney Franco fala sobre a final da Sul-Americana de 2012

Em Live à página SPFC Eternamente, o ex-treinador do São Paulo, atualmente no Goiás, falou sobre os bastidores do jogo de volta contra o Tigre-ARG

Ney comentou principalmente sobre o que aconteceu no intervalo da partida, que não houve a realização do segundo tempo.

Aquele intervalo foi complicado e até manchou um pouco nosso título. Quando o Lucas saiu do primeiro tempo e mostrou o algodão com sangue, começou uma briga imensa. Essa confusão continuou com os policiais e seguranças do São Paulo, pois os jogadores do time argentino queriam invadir nosso vestiário por dentro. Eles arrancaram uns paus, que tinham no armário do vestiário visitante, e usaram como arma’’, disse Ney Franco à página.

Esse título em 2012, da Copa Sul-Americana, foi a última conquista oficial do São Paulo até os dias de hoje. A final contra o Tigre, é muito conhecida, pelo fato de que não ocorreu o segundo tempo da partida, devido a enormes confusões no intervalo.

O protagonista deste título, foi o atacante Lucas Moura, que se despediu do tricolor neta final, pois estava de malas prontas para ir à França jogar pelo Paris Saint-Germain.

Ney Franco treinou o São Paulo entre 2012 e 2013. No primeiro ano, conquistou a Sul-Americana, e no Campeonato Brasileiro deixou o time no G4, com um ótimo segundo turno. Já em 2013, o time estava muito limitado, sem muitos reforços e com a saída do destaque tricolor na época, Lucas Moura.

No ano de 2013, o clima não ficou muito confortável no clube, principalmente devido a eliminação na Copa Libertadores pelo Atlético Mineiro. Um tempo depois, o treinador deixou o São Paulo pela porta dos fundos.

Fonte: Pedro Alamino / @spfc.eternamente
Foto: Gazeta Press

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara