in ,

Neto detona Diniz, mas quem se importa?

Ex-jogador argumentou que o treinador do São Paulo não tem títulos de expressão na carreira e elogiou Luxemburgo

Durante o programa terceiro tempo, da Band, Neto teceu diversas críticas a Fernando Diniz, do São Paulo. De acordo com o vacilão metido a comentarista, o treinador são-paulino é supervalorizado, principalmente pela imprensa esportiva brasileira.

“Eu acho que (o Fernando Diniz) é um treinador que em onze anos ganhou duas Copas Paulista, não acrescenta nada pra mim. É um treinador que tem muita moral e pouco título”, iniciou Neto.

“Quase caiu no Oeste, quase caiu no Fluminense, quase caiu no Athletico Paranaense. Não tem um título de expressão”, lembrou e seguiu:

“Eu acho que tem treinadores que sempre ganham pra cima, nunca pra baixo. É um treinador que inventa muito. Não é um treinador que a maioria da imprensa coloca”, prosseguiu.

Ao ser questionado se considerava Diniz um profissional moderno, Neto citou outros treinadores do futebol brasileiro.

“Moderno pra mim é o Telê Santana, o Luxemburgo, o Carille. Ele não é moderno. O que ele fez de moderno até agora?”, concluiu.

Outro comentarista da bancada, Velloso discordou de Neto. “O Diniz, na verdade, evoluiu no São Paulo”, disse.

Opinião do editor: Está certo que Diniz ainda não tem títulos de expressão, mas fez um ótimo trabalho com o Audax e vem bem no São Paulo. Agora, ONDE O CARILLE E O LUXEMBURGO SÃO MODERNOS?

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara