in ,

“Não posso ter um jogador por 30 minutos, 40, 45 e ter que tirar”; Ceni fala sobre por que Luan tem jogado pouco 

Luan no Castelão. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Rogério Ceni explicou a situação do volante Luan no São Paulo após a vitória por 2 a 0 sobre o Juventude que colocou o time nas oitavas de final da Copa do Brasil

Segundo o técnico, o jogador não tem condições físicas de atuar por um jogo completo e, por isso, o obrigaria a “queimar” uma substituição.

“A lesão que ele teve foi grave, parou por muito tempo. Ele como primeiro volante, bem, é o jogador que mais entende dessa função no elenco. Mas eu não consigo botar 90 minutos. Então, ele já passa a ser uma troca garantida para mim. Não posso me dar ao luxo de ter um jogador que joga como volante para trocar. Por quê? Porque Calleri briga muito, porque Éder ou Luciano, quem joga na frente, cansa demais, os meias fazem muita puxada, quando joga com alas os caras cansam”, falou.

E completou: “Não posso ter um jogador por 30 minutos, 40, 45 e ter que tirar. Então, ele vai ter que acelerar na maneira que se sentir confortável para jogar 90 minutos, para ter mais agilidade. Ele é um jogador que domina a posição, mas hoje não consigo colocar 90 minutos para jogar. Não porque eu não queira, mas porque ele no momento não reúne condições para isso.”

+ São Paulo se mexe nos bastidores sobre suspensão de Ceni após denúncia no STJD
+ Tricolor pode tomar medidas jurídicas contra Daniel Alves; entenda o caso

Luan ficou cinco meses sem jogar em virtude de uma avulsão tendínea na coxa esquerda – um descolamento do músculo do osso, que pode provocar uma pequena fratura.

O jogador atuou em apenas cinco partidas nesta temporada. Ele foi titular em três duelos da Copa Sul-Americana, mas saiu no decorrer do jogo. Contra o Juventude, na última quarta, pela Copa do Brasil, entrou na etapa final.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Por: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu