Michel Bastos se vê como líder para 2016

Com as possíveis saídas de Rogério Ceni, Luis Fabiano e Pato, Michel quer assumir papel de líder do Tricolor para próximo ano

O meio-campista de 32 anos quer ser o ícone do São Paulo a partir de 2016, quando o São Paulo poderá perder três ícones. Rogério Ceni irá se aposentar, enquanto Luis Fabiano e Pato dificilmente irão permanecer no Morumbi. “Hoje já me sinto um jogador com espaço para liderar”, afirma Michel, que diz se impor dentro do grupo mesmo antes das possíveis saídas.

Com contrato renovado até o fim de 2017 com o São Paulo, Michel bastos tem 10 gols marcados e oito assistências nesta temporada e é peça fundamental para o Tricolor, principalmente no primeiro semestre, quando o time era dirigido por Muricy Ramalho.

Com Osorio, Michel Bastos passou a jogar mais como lateral e volante e foi titularem 19 dos 20 jogos com o colombiano, e discorda de quem vê queda em seu rendimento.

“As pessoas olham estatísticas, mas não veem o que faço em campo. No primeiro semestre, fiz uma função, na qual teria de fazer gols e dar passes. Hoje jogo em outras funções, nas quais fico mais longe do gol e da área. Por isso não concordo. Estou sempre jogando e o Osorio vê que eu faço o que é pedido pelo treinador. Entendo a torcida. Mas as pessoas que entendem de futebol precisam ver que eu faço outra função. No meu ponto de vista, independentemente se for como volante ou lateral, sigo fazendo meu papel – disse.

Logo mais o São Paulo entra em campo no jogo contra o Santos, às 22h, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Brasileirão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *