Faz exatos 19 anos que o Tricolor conquistou a Libertadores pela terceira vez. A final ocorreu em julho, mas em maio o Soberano mostrou porque é o Rei da América derrotando o Palmeiras duas vezes e garantindo sua passagem para as quartas de final.

O primeiro jogo (18/05) foi no Parque Antártica e o Tricolor venceu por 1 x 0 com um chute de rara felicidade do lateral-direito Cicinho, de fora da área.

Na patida de volta (25/05), no Morumbi, o Tricolor jogava pelo empate, mas não deu atenção ao Palmeiras. Mesmo com um homem a menos, já que Josué havia sido expulso aos 9 minutos do segundo tempo, o São Paulo abriu o placar com Rogério Ceni, de pênalti.

Precisando de dois gols, o Palmeiras se lançou ao ataque, mas recebeu um balde de água fria no último minuto da partida. Cicinho (ele de novo) cobrou falta de longa distância e acertou o canto esquerdo de Marcos, em um chute forte e rasteiro. O gol do lateral-direito, além de sacramentar a classificação do Tricolor, ainda foi o de número 10 mil da história da Libertadores.

Após eliminar o Palmeiras, o São Paulo despachou o Tigres-MEX e River Plate. O Tricolor foi para a final com o Athletico-PR.

O primeiro jogo da final foi no Beira Rio, por determinação da CONMEBOL, com mando do Athletico e ficou no empate de 1 x 1, com gols de Aluísio “Chulapa” e Durval (contra).

No jogo da decisão, com 71.986 torcedores no Morumbi, o Expresso Tricolor atropelou o Furacão. Com gols de Amoroso, Fabão, Luizão e Diego Tardelli, o São Paulo sagrou-se campeão da Libertadores de 2005.

A Máquina Tricolor jogou com: Rogério Ceni, Fabão, Lugano e Alex; Cicinho, Josué, Mineiro, Danilo e Júnior (Fábio Santos), Luizão (Souza) e Amoroso (Diego Tardelli). Técnico: Paulo Autuori.

No final do ano, a equipe de Paulo Autori ainda venceria o Mundial de Clubes, em cima do Liverpool.


Outros jogos marcantes na Libertadores em maio foram:

1992 – Oitavas de final (06/05): São Paulo 2 x 0 Nacional

Quartas de final (13/05): São Paulo 1 x 0 Criciúma / (20/05): Criciúma 1 x 1 São Paulo

Semi-Final (27/05): São Paulo 3 x 0 Barcelona SC

O São Paulo sagrou-se campeão da Libertadores pela primeira vez na história, em disputa por pênaltis (3 x 2) contra o Newell’s Old Boys em 17/06/1992.

1993 – Semi-Final (05/05): São Paulo 1 x 0 Cerro Porteño / (12/05): Cerro Porteñho 0 x 0 São Paulo

Final (19/05): São Paulo 5 x 0 Univercidad Católica / (26/05): Univ. Católica 2 x 0 São Paulo.

São Paulo campeão pela segunda vez!


Foto: YouTube
Por: José Aparecido de Leonardo/Arquivo Intenet

Não perca nada sobre nosso São Paulo FC!
Siga o SPFC Notícias em nossas redes sociais: Instagram Twitter Facebook | Threads | Whatsapp


Leave your vote

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.