in ,

Maicosuel explica por que não deu certo no São Paulo

Com contrato até o dia 31 de maio, o atacante encerrará sua trajetória no clube com apenas nove jogos disputados

Contratado em 2017 Maicosuel não conseguiu ter sequência e entrevista ao GloboEsporte.com conta o que não deu certo na sua passagem pelo Tricolor.

Foram muitas lesões. Eu cheguei no São Paulo já machucado, eles sabiam que eu estava machucado, e lá o [Ricardo] Sasaki (fisioterapeuta) e toda a fisioterapia me acolheram muito bem. Tentaram me recuperar o máximo possível, acho que foram três meses lutando muito contra a pubalgia, sempre treinando”, disse.

E completou: “Também tinha um desequilíbrio muscular muito grande e eles tentaram muito, trabalhei muito. O clube que eu mais trabalhei foi no São Paulo. Então eu treinava muito forte, muito mesmo, e quando eu pensei que as coisas iam começar a dar certo, não deram.”

Maicosuel durante treino do São Paulo, em 2017 — Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC
Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC

Uma das frustrações de Maicosuel foi a falta de uma sequência, principalmente após marcar o seu único gol pelo São Paulo, o da vitória diante do Athletico-PR, por 2 a 1, na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Depois desse dia, ele saiu do banco de reservas contra o Fluminense, no jogo seguinte, mas passou os próximos quatro sem ser relacionado.

Pela minha auto-crítica, eu sei que poderia ter jogado. Não fui tão bem lá, então é uma coisa que as pessoas às vezes tem a razão de falar que não foi uma boa contratação, mas tem o outro lado de eu estar machucado quando cheguei e das oportunidades que não tive. Joguei muito pouco no São Paulo. Teve um jogo que entrei, fiz um gol contra o Athletico-PR e ali achei que as coisas deslanchariam, mas aconteceu o contrário e não joguei mais. São coisas que não dá pra entender“, afirmou. 

O último jogo de Maicosuel com a camisa do São Paulo foi no dia 17 de janeiro de 2018, na derrota do Tricolor por 2 a 0 para o São Bento, pelo Paulistão. Após essa data, o atacante foi emprestado para o Grêmio e, posteriormente, para o Paraná.

Foto: Rummens – Fotoarena
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu