in ,

Luizão revela que não queria ter saído do São Paulo depois de título da Libertadores

Luizão revelou que gostaria de ter ficado no São Paulo em 2005, quando se despediu do clube após ganhar o título da Libertadores e saiu para o Nagoya Grampus, do Japão. 

“Não é que me arrependo. Eu recebi uma proposta do Japão. Fui perguntar para o treinador, que era o Leão. Na época ele colocava o Tardelli na minha posição. Perguntou quantos anos tinha. Eu tinha 29. Quanto é a proposta? É isso. Aí ele disse que, se fosse eu, aceitaria a proposta”, falou. 

E completou: “É lógico que queria ficar no São Paulo. Não queria nunca mais sair do São Paulo. O São Paulo é um clube fantástico. O carinho que a torcida tem por mim, por eu ter jogado apenas seis meses, é incrível. Por mim eu nunca mais tinha saído do São Paulo. Tinha encerrado minha carreira lá. Agora arrepender, como vou me arrepender? Tinha assinado o contrato. Tinha que pagar uma multa. Como eu faço? Se eu soubesse que o (Paulo) Autuori (técnico campeão do mundo em 2005) iria vir, e eu estava naquele momento maravilhoso do São Paulo, jamais sairia.”

O que achou?

Escrito por Natália Milreu