Lugano fala sobre mudança de planejamento por conta do impacto do coronavírus

Dirigente do Tricolor comentou como o impacto do coronavírus irá mudar a rotina do clube; clássico contra o Santos será sem torcida e jogo da Libertadores em casa está adiado

Lugano comentou sobre o impacto do coronavírus na rotina do clube. Nesta quinta-feira, a Conmebol anunciou o cancelamento dos jogos da Libertadores da próxima semana e poderá haver mais consequências da pandemia no mundo do esporte.

“Você vê a cada hora países tomando medidas drásticas para proteger o povo. No Paraguai e na Argentina já não tem escola. Então, faz todo o sentido que o espetáculo esportivo seja postergado. A saúde vem primeiro. Esportivamente é melhor suspender o jogo do que jogar com portões fechados, porque aí perde todo o sentido da competição”, disse. 

A decisão da Conmebol foi antes de acontecer São Paulo x River, que seria no Morumbi, na próxima terça-feira. Com o duelo de dois dos principais times do continente cancelado, o próprio planejamento do Tricolor terá de ser readequado para os próximos dias.

“A gente tinha planejado uma coisa para sábado e outra para terça-feira. Essa informação chegou agora, o planejamento terá que mudar. O ser-humano tem uma contínua adaptação, e conosco não é diferente. Vamos nos adaptar, porque com certeza em breve vamos ter algo aqui no Brasil também”, falou. 

E completou: “Tem que seguir com as precauções que todo mundo sabe, não ir a lugares públicos, não ter mais de 20 pessoas juntas. A verdade é que a situação é confusa, ninguém nunca passou por isso. Tem que ter tranquilidade e paciência, colaborar para que não haja pânico. Que esse momento passe rápido e o mundo comece a girar novamente.”

Na Europa e nos EUA, diversas ligas foram paralisadas por conta do avanço do coronavírus. O clássico contra o Santos, será com portões fechados por conta do surto da doença. 

“Você vê como todos os países estão reagindo rapidamente Uma hora a gente supõe que vai chegar no Brasil. Estamos esperando e preparados para isso. Por enquanto, o jogo de sábado [contra o Santos] vai acontecer e estamos nos preparando. Mas, sabemos que esse é um fato inédito no mundo. Na França, desde a Segunda Guerra Mundial não se suspendia um campeonato. Suspenderam o Campeonato Francês. Temos que estar preparados e saber que o futebol é a coisa mais linda do mundo, mas não a mais importante”, concluiu.

Foto: Reprodução TV
Fonte: Gazeta Esportiva