in ,

Lugano corneta ‘mundiais’ de rivais do São Paulo e diz: “Uruguai é penta campeão do mundo”

Diego Lugano em entrevista a Danilo Gentili no SBT. (Foto: Reprodução)

O ex-zagueiro e ídolo são-paulino, Diego Lugano foi ao programa The Noite do SBT e conversou com o apresentador Danilo Gentili

Na entrevista, o uruguaio que hoje é comentarista dos canais ESPN e Fox Sports (Grupo Disney), relembrou casos de sua carreira, como chegou ao São Paulo e “cutucou” os rivais do Tricolor.

O ex-zagueiro comentou como foi a sua contratação pelo São Paulo. e explicou como foi a assinatura de seu contrato, como “o jogador do presidente”.

Cheguei ao São Paulo em 2003, há um tempinho e ainda falo esse ‘portunhol’ de merda. Realmente fui o jogador do presidente. A história é que vim para um almoço com o presidente Marcelo Portugal Gouvêa. Fiz uma entrevista de trabalho e falamos sobre política, sociedade, história do São Paulo e outros assuntos. Depois de uma hora e meia ele tirou o contrato e pediu para eu assinar”.

Questionado por Gentili, Lugano explicou que não sente raiva, nem ódio de nenhum rival do São paulo e explicou quem era de fato o “rival” do Tricolor.

Na minha primeira passagem (2003 a 2007), nosso rival era o Santos, que era o time que as vezes ganhava da gente. Ficamos quatro anos sem perder clássicos da cidade. Eu nunca perdi para Corinthians, nem para o Palmeiiras.

O ex-jogador evitou comentou sobre os títulos mundiais das equipes. O ídolo Tricolor fez um paralelo com as situações de Palmeiras e Corinthians.

Com todo repeito e seriedade. Se o Corinthians tem dois mundiais e o Palmeiras tem seu mundial, então o Uruguai é o primeiro pentacampeão mundial. Porque o Uruguai venceu duas vezes as Olímpiadas quando a competição era chancelada pela FIFA e nós (uruguaios) vencemos um torneio de campeões mundiais em casa (em 1981, que contou com o Brasil de Zico, Argentina de Maradona, a Itália de paolo Rossi), além disso, o São Paulo continua tendo mais mundiais que eles”.

Veja a entrevista completa:

Foto: Reprodução

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara