in ,

Libertadores poderá ser disputada em sede única

O Uruguai é o principal candidato a se tornar o único anfitrião do que resta ser disputado na Copa Libertadores de 2020, pois é o único pais dentro dos certificados de saúde da Conmebol

De acordo com informações do jornal Ovación, de Montevideo, já ocorreram contatos estabelecidos entre o próprio governo uruguaio e o presidente do corpo dirigente de futebol da América do Sul.

A ideia que começou a se desenvolver há um mês entre Ignacio Alonso, presidente da AUF, Armando Castaingdebat, atual vice-ministro de Desenvolvimento Social e Álvaro Delgado, secretário da Presidência, foram apoiados com enorme interesse pelo Presidente Luis Lacalle Pou, todos do governo do país vizinho.

De acordo com as informações, Alonso foi responsável por informar Lacalle Pou que poderia se tornar viável para um país com melhores resultados no controle da pandemia acabar sendo escolhido para sediar a principal competição de clubes do continente. 

A posição firme do Uruguai na primeira linha do combate à pandemia, portanto, tem como elemento principal a contenção alcançada na expansão do COVID-19. Assim, os especialistas informaram que a Conmebol trabalhava para montar um protocolo de saúde que permitisse a criação de um manual de procedimentos para a movimentação de delegações esportivas.

Os dados revelaram que, além dos poucos casos registrados diariamente, o Uruguai tem poucos caos de óbitos.

A expectativa é que nas próximas semanas a Conmebol bata o martelo e decida onde e como será disputado o restante do torneio sul-americano. Por hora, entretanto, a Conmebol verificou e sabe que, se a decisão final for transferida para a variável referida acima, ela terá um parceiro muito grande para executá-la.

Fonte: Ovación
Foto: Ferreira Lanima

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara