CINCO POR DOIS

Briga nas laterais conta com adaptações de atletas na posição, sob orientação de Ceni.

As laterais do São Paulo podem ganhar novos donos em 2017, ou ao menos uma inversão de atletas nas posições, isso porque o técnico Rogério Ceni espera uma multi-funcionalidade dos laterais para definir os titulares.

No elenco concentrado para a disputa da Florida Cup, estão Buffarini; Bruno; Foguete e Júnior Tavares. De ofício, os três primeiros são laterais que atuam pela direita respectivamente e somente Júnior Tavares é natural do lado esquerdo do campo.

Foguete e Júnior Tavares foram integrados ao profissional por Rogério agora em 2017, quando o M1TO vai tentar reestruturar esse setor lateral do campo. O técnico também trabalha com Buffarini pelo lado esquerdo do campo, o oposto do que o argentino está acostumado a atuar e em duas oportunidades atuando por este lado do campo no Brasileirão do ano passado, o camisa 18 mostrou bom rendimento.

+ Ceni fala sobre a sucessão da faixa de capitão no elenco e aponta candidatos para 2017. Confira!

A novidade fica por conta de Wesley, que ao longo do ano jogou de lateral direito em alguns jogos, o que não foge muito da característica do camisa 11, e que sob o comando de Ceni também briga pela posição. Em comentário sob a disposição de peças no elenco, o treinador comentou sobre a disputa nas laterais:

Hoje são 28 jogadores comigo, todos felizes, jogando 45 minutos cada um praticamente. Alguns vão ficando fora e a gente precisa ir administrando os egos. Bruno e Wesley muito bem na direita, Buffarini e Júnior parelhos na esquerda, quatro nomes do mesmo nível na zaga, ataque equilibrado com os que estão aqui, mais o David Neres (no Equador, com a Seleção Brasileira sub-20). Daqui uma semana, quando estrearmos na Florida Cup, é que os sentimentos variados serão gerados. Por enquanto estão todos felizes e é com trabalho e convicção que quero manter esse clima em todos eles.” – disse Rogério Ceni