in ,

Justiça feita. Richarlyson na ‘calçada da fama’ Tricolor

Calçada da fama Morumbi - Foto: Gazeta Esportiva

A pedido de Müller, presidente do São Paulo vai “reparar injustiça” e homenagear Richarlyson

Multicampeão pelo São Paulo, Richarlyson, enfim, vai receber o reconhecimento do clube tricolor. Nesta quarta-feira, em vídeo publicado pelo bicampeão mundial Müller, o presidente Julio Casares prometeu que o atual jogador do Noroeste estará na calçada da fama do Morumbi assim que terminada a pandemia no Brasil.

“Müller falou com a gente e vamos reparar essa injustiça, não só com o Richalyson, mas com outros. Logo que terminar a pandemia e pudermos fazer obras, vamos eternizar o Richarlyson e outros que ainda não estejam aqui”, afirmou Casares.

O discurso do presidente são-paulino foi publicado por Müller em uma rede social. O ex-atacante, que esteve na apresentação do novo reforço Eder, cobrou a presença de Richarlyson no setor de homenagens a ídolos no estádio do Morumbi.

“Ele (Casares) me prometeu que vai colocar teu nome na calçada da fama, porque você é um vencedor e teu nome vai estar na calçada”, cobrou o tetracampeão mundial pela seleção brasileira.

A ausência de Richarlyson na calçada da fama do Morumbi se tornou uma polêmica da antiga gestão do presidente Leco. Em agosto de 2018, o São Paulo inaugurou um espaço para homenagear 99 dos mais importantes atletas da história do clube, sem a presença do ex-volante.

Richarlyson conquistou o Mundial de Clubes de 2005 e os Campeonatos Brasileiros de 2006, 2007 e 2008 pelo São Paulo. Foram 244 partidas com a camisa tricolor para o atleta, que também foi às redes sociais para comentar a iniciativa.

Quero agradecer aqui a todo torcedor são-paulino e ao ex-jogador Müller, que acabou de publicar um vídeo que estaria sendo condecorado na calçada da fama dos ídolos do São Paulo. Isso será motivo de alegria, gozo e me sinto lisonjeado de participar e ficar gravado na história nesse clube, nessa instituição que me deu tanta alegria e me fez ser o atleta que sou até hoje, declarou.

Foto: Gazeta Esportiva

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara