in ,

Julio Casares se pronuncia após ataque em ônibus do São Paulo

Os ídolos que podem trabalhar como dirigentes no São Paulo em 2021- Julio Casares - São Paulo FC

Antes do confronto contra o Coritiba, ônibus do São  Paulo foi atacando por torcedores criminosos no  meio do caminho para o Morumbi

Às 19h, do último sábado, o São Paulo enfrentou o Coritiba, no Morumbi, e teve mais um resultado abaixo do esperado, ficando só no empate com o time que briga para não cair no Brasileirão.

Antes da partida, no trajeto para o estádio, o ônibus do São Paulo foi atacado com pedras e rojões covardemente por criminosos que se dizem torcedores do São Paulo.

Após o empate no Morumbi, o presidente Julio Casares se pronunciou através de uma nota oficial sobre o ocorrido.

O ataque que a delegação do São Paulo Futebol Clube sofreu a caminho do estádio do Morumbi é um ato inadmissível e que jamais deve ser tolerado. Estava com a nossa delegação no ônibus e posso testemunhar que o saldo poderia ter sido ainda pior. Por sorte, ninguém se feriu. 

Nossa prioridade neste momento é dar todo suporte necessário a jogadores, membros da comissão técnica e demais funcionários que foram vítimas do ocorrido. A vida e a integridade física de nossos colaboradores não têm preço e é inaceitável que sejam colocadas em risco. 

O clube não medirá esforços para que os autores de tamanha atrocidade sejam responsabilizados. Na condição de representante do nosso São Paulo, farei tudo a meu alcance para que casos como esse não se repitam. 

Para isso, já determinamos à Câmara Setorial de Segurança, na figura do Doutor Luís Lanfredi, que acompanhe os desdobramentos com afinco e proporcione às autoridades todo o suporte necessário que cabe ao clube. 

Reitero que estou à disposição dos nossos funcionários para apoiá-los e protegê-los.

Julio Casares, Presidente

Foto: Reprodução

O que achou?

-3 pontos
Upvote Downvote

Escrito por Natália Milreu