in ,

Juiz prejudica Pato e ele está perto de marca negativa

Titular na equipe de Diniz, Pato terá mais uma oportunidade de marcar após seis meses

Alexandre Pato reassumiu a titularidade na equipe do São Paulo. Com as ausências de Helinho (machucado) e Antony (Seleção Olímpica), o atacante vem ganhando minutos na equipe titular de Fernando Diniz e tem agradado. Apesar das boas atuações, ele ainda não balançou as redes em 2020, aliás, na última partida fez dois gols LEGAIS, mas a arbitragem errou e anulou ambos.

+ Árbitro e auxiliares foram afastados de dirigirem jogos da FPF por tempo ainda indeterminado

Na verdade, Pato vive um longo jejum. Se não marcar contra o Santo André, no domingo, o jogador irá completar exatos seis meses sem fazer gols. O último aconteceu no clássico contra o Santos, no dia 10 de agosto de 2019, pelo Campeonato Brasileiro, que o Tricolor venceu por 3 a 2. Pato, inclusive, marcou duas vezes na ocasião.

Antes disso, Pato já havia tido uma boa partida na vitória por 2 a 1 contra a Ferroviária. Jogando mais aberto, ele protagonizou as principais chances da equipe e reconheceu o bom momento, apesar da escassez de gols.

“Neste começo de temporada pude fazer uma pré-temporada, tenho conversado bastante com o professor. Tenho certeza que esse ano vai ser muito diferente. No momento certo, o gol vai chegar”, afirmou.

Pato foi elogiado pelo técnico Fernando Diniz especialmente após o empate por 1 a 1 com o Novorizontino, na segunda-feira, quando teve dois gols mal anulados.

“O Pato está se esforçando. Acho que o mais importante nesse momento é que o esforço e a dedicação estão sendo reconhecidos pelo torcedor. Ele está trabalhando muito e colaborando defensivamente. Seria muito importante que as bolas dele tivessem entrado (validadas pelo juiz). Isso relaxa, tira um pouco do peso. Mas estamos contentes com o que tem feito nos treinos e o gol é questão de tempo”, elogiou Diniz. “O desempenho do Pato tem melhorado. E muito. Ele fez dois gols legítimos, que a arbitragem anulou”, acrescentou o treinador.

Nestes quase seis meses de jejum, Pato participou de 12 partidas (oito em 2019 e as quatro primeiras desta temporada).

Contratado em março de 2019, Pato soma 26 jogos e cinco gols nesta sua segunda passagem pelo São Paulo. Quando defendeu a equipe pela primeira vez, entre 2014 e 2015, o atacante marcou 38 vezes em 98 partidas disputadas. Ele tem vínculo com o clube até o fim de 2022.

Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O que achou?

Escrito por Natália Milreu