in ,

Hudson se despede do São Paulo

Hudson se despede do São Paulo

Volante voltou de empréstimo do Fluminense, mas não está nos planos de Crespo, por isso retornou ao clube carioca

Hudson voltou de empréstimo do Fluminense no começo do mês por força de contrato, fez treinos, mas não ficou nos planos de Crespo, por isso, São Paulo e o clube carioca renovaram o vínculo de empréstimos. 

Com um novo contrato até 31 de dezembro, o volante não vestirá mais a camisa do Tricolor. Ao todo, serão sete anos de vínculo com o time paulista, entre idas e vindas.

Quem o comunicou da decisão de que não estava nos planos de Crespo foi o coordenador de futebol Muricy Ramalho:

“Eu não queria atrapalhar o ambiente do São Paulo, não queria atrapalhar o clube e não queria que eles atrapalhassem a sequência da minha carreira. E foi muito bem conversado, o Muricy é um cara que me conhece, me levou ao São Paulo, um cara que eu respeito muito. Hoje ele tem um cargo importante lá dentro, mas a gente sabe que o treinador é o maior responsável pela montagem do elenco. E ele foi sincero, falou que era para eu seguir meu caminho”, disse. 

LEIA MAIS
Calleri fala sobre Crespo e o quanto foi feliz jogando no Tricolor
Miranda afirma que Muricy teve papel importante em seu retorno ao São Paulo
Presidente da FPF afirma que quer levar o Paulistão para outro Estado

O jogador admite que não ficou nenhum tipo de frustração com o São Paulo pela forma com que sua passagem irá se encerrar.

Contratado em 2014 do Botafogo-SP, o jogador disputou 198 jogos com a camisa do São Paulo e marcou seis gols. Foram cinco temporadas completas pelo Tricolor e dois empréstimos (Cruzeiro, em 2017, e Fluminense, em 2020).

“Confesso que não tenho frustração. Claro que eu queria levantar muito um título pelo São Paulo, mas sou muito grato ao clube. Sempre fui muito comprometido, responsável com a instituição. Eles me colocaram no cenário da elite do futebol brasileiro, eu só tenho que agradecer ao São Paulo. E o futebol tem isso de momento, de troca de treinador, de pensamento, de filosofia, do que eles já têm no grupo. Acredito que em nenhuma vez eu estive inserido em planos para voltar”, disse. 

Foto: saopaulofc.net
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu