História Em Três Cores – Ronaldão

Ronaldão, atuou  em 294 jogos, sendo 143 vitórias, 100 empates  e 51 derrotas. Não marcou nenhum gol, mas ganhou muitos títulos

Ronaldo Rodrigues de Jesus ,nascido no dia 10 de junho de 1965, em São Paulo (SP), ficou conhecido como Ronaldão. Começou a carreira no Rio Preto em 1985, e logo se transferiu para o São Paulo Futebol Clube, onde era um lateral-esquerdo. Como era considerado lento, Ronaldão foi colocado na quarta-zaga pelo técnico Cilinho.

A fama dele nunca foi das melhores. Sempre houve quem dissesse que ele é lento e tem a cintura dura. Pode ser, mas é difícil encontrar na atualidade um defensor com tantos títulos acumulados.


Ficou sendo reserva do São Paulo até 1991, durante seis anos enfrentou a concorrência de Darío Pereyra, Ricardo Rocha, Adilson, Antônio Carlos e Ivan na briga pela zaga são-paulina.

Em 1991, Telê Santana precisava de um zagueiro para substituir Ricardo Rocha, que tinha se transferido para o Real Madrid. Sob as suspeitas da torcida, Ronaldo, que por seu porte físico já era chamado por todos de Ronaldão, acabou improvisado na zaga. E deu certo.

+Leia mais sobre Tricolor marca um gol a cada 5,5 chutes

Tornou-se uma peça fundamental no time que conquistou o Brasileiro. A boa fase do São Paulo, por três anos seguidos, ajudou Ronaldão a ganhar o respeito dos torcedores.


Atuando ao lado do hábil Válber (zagueiro-central), Ronaldão era uma espécie de “limpa-trilho” muito eficiente do Tricolor do Morumbi.

Os troféus não paravam de chegar ao Morumbi. O São Paulo conquistou o Paulistão, o Brasileiro, duas Libertadores e dois mundias interclubes, igualando-se ao grande Santos de Pelé. Na zaga, a segurança de Ronaldão.

 

Fez o último gol da disputa por pênaltis na decisão da Recopa Sul-Americana de 1993, contra o Cruzeiro, garantindo o título para o Tricolor Paulista.

+Leia mais sobre Vaza fotos da nova camisa II do tricolor

Mesmo sem exibir grandes qualidades técnicas, Ronaldão fez fama e ganhou espaço até na Seleção Brasileira. Ele fez parte do elenco de Parreira vencedor da Copa do Mundo de 94 nos Estados Unidos.
Depois do São Paulo, Ronaldão atuou no Shimizu-Japão (de 93 a 95), Flamengo (96), Santos (97 a 98), Coritiba (98) e Ponte Preta (98 a 2000).


Os principais títulos conquistados por Ronaldão foram: campeão mundial de 94 pela Seleção Brasileira; pelo São Paulo ganhou os Brasileiros de 86 e 91, os Paulistas de 87, 89, 91 e 92, os Mundiais Interclubes de 92 e 93, a Libertadores da América de 92 e 93, a Recopa Sul-americana de 93 e 94, a Super Copa da Libertadores de 93; pelo Flamengo ganhou o Campeonato Carioca de 96. E é também campeão do Rio-São Paulo de 97 pelo SFC, quando o técnico era Wanderley Luxemburgo.


Ronaldão, que ao encerrar a carreira tornou-se um competente gerente de futebol da Ponte Preta, tem também em sua carreira de jogador um fato curioso: ele fez o primeiro gol do estádio Zito Godinho, em São Roque (SP), no distrito de Cangüera, no jogo São Paulo x São Bento, de Sorocaba (SP), pelo Torneio Eduardo José Farah, em agosto de 89.

+Leia mais sobre Tricolor poderá ter importantes reforços para o Majestoso

O ex-zagueiro se tornou gerente de futebol do clube de Campinas logo após sua aposentadoria dos gramados, mas deixou a função em 2006, reclamando de um atraso de salário de 18 meses. Na sequência, se tornou empresário de jogadores, função que exerce atualmente.

Títulos:

São Paulo: Brasileirão: 1986 e 1991, Paulistão: 1987, 1989, 1991 e 1992, Libertadores: 1992 e 1993, Mundial: 1992 e 1993, Recopa Sul-Americana: 1993 e Supercopa Libertadores: 1993

Flamengo: Campeonato Carioca: 1996, Taça Guanabara: 1996, Taça Rio: 1996, Copa Ouro: 1996 e Taça 15 anos do SBT: 1996

SFC: Torneio Rio-São Paulo: 1997

Seleção Brasileira: Copa do Mundo: 1994

Nome completoRonaldo Rodrigues de Jesus
PosiçãoZagueiro
Data de nascimento19/06/1965
NacionalidadeBrasileira
Local de nascimentoSão Paulo (SP)
Altura1,87m
Peso89kg
Estreiaem 1985

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *