in ,

Hernanes elogia Diniz e meia do Tricolor

Camisa 15 do Tricolor elogiou em entrevista o treinador Fernando Diniz e o meio Igor Gomes, que segundo ele, pode chegar ao nível do Kaká um dia

Em entrevista ao programa “Troca de Passes”, da Sportv, nesta segunda-feira, o profeta elogiou Diniz e explicou como o treinador pensa o jogo.

“O Diniz é um cara que pensa o futebol de um jeito muito organizado, muito planejado. O futebol do Diniz é menos individualista, ao contrário do que é a característica do nosso futebol. Lembro que nosso sistema tático sempre foi baseado em ter grandes jogadores e dar a bola nos caras para eles resolverem. Mas não é assim o futebol europeu e não é assim o futebol do Diniz. Ele quer que todos participem da criação do jogo e do sistema defensivo, todos marcam e todos atacam. Ele pede para jogarmos simples. E o jogador brasileiro não está acostumado com isso. A gente joga com quatro, cinco toques na bola para dar a sequência na jogada. O Diniz não quer isso, então temos que nos adaptar”, declarou. 

E completou: “A coisa mais importante é quando o time inteiro começa a acreditar, confiar de verdade no trabalho. É aí que a gente vê a diferença. No meu ponto de vista, o time estava começando a acreditar no sistema do Diniz, por isso estava tendo essa evolução”, contou.

O profeta também falou que Diniz é um dos melhores treinadores com quem ele já trabalhou em toda a sua carreira.

“A coragem às vezes pode ser burra, de a gente querer fazer as coisas a qualquer custo. Então, sem o entendimento, sem saber o que o Diniz quer proteger, aonde ele quer chegar, como quer chegar, a gente pode querer ser corajoso apenas por ser corajoso e atrapalhar todo o processo. Falo por mim, o Diniz é um dos melhores treinadores que já tive. Sou um cara que gosta de entender o jogo e o entendimento que ele tem do jogo é diferenciado, muito lógico”, acrescentou. 

O camisa 15 elogiou a promessa, afirmando que ele pode realmente chegar ao nível do ex-jogador da Seleção Brasileira.

“É o que eu tenho falado para ele: se ele começar a ser mais artilheiro, gostar mais de fazer gol, com certeza ele vai chegar ao nível do Kaká. Ele tem qualidade técnica, tem força física, é inteligente e centrado. Se começar a gostar de fazer mais gols, com certeza vai chegar ao nível do Kaká”, completou.

Foto: Reprodução TV
Fonte: Gazeta Esportiva

O que achou?

Escrito por Natália Milreu