Força Vadão!

Em tratamento de câncer, Vadão, ex-técnico do São Paulo, segue internado na UTI do Einstein; profissional de 63 anos está hospitalizado desde a semana passada

O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A assessoria de imprensa do hospital confirmou a informação, mas, a pedido da família, não deu mais detalhes.

Segundo o GloboEsporte.com, Vadão está hospitalizado desde a semana passada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) devido a complicações de um câncer no fígado.

Aos 63 anos, ele trata da doença desde o início de 2020, quando passou por sessões de quimioterapia e chegou a apresentar evolução, mas o quadro se agravou recentemente.

O último trabalho de Vadão foi pela seleção brasileira de feminina, de onde foi demitido em julho de 2019 depois da Copa do Mundo.

Ao longo da carreira como treinador, ele também teve passagens marcantes por São Paulo, onde lançou Kaká no time profissional e foi campeão do Torneio Rio-SP (o único da história são-paulina), Atlético-PR, Guarani, Ponte Preta, Corinthians, Mogi Mirim, entre outros clubes.

Identificado com os dois times de Campinas, Vadão é conhecido na cidade como “Mister Dérbi” por nunca ter perdido um clássico na cidade. A invencibilidade é de nove jogos, com cinco vitórias (quatro pelo Guarani e uma pela Ponte) e quatro empates (três pela Ponte e um pelo Guarani).

A carreira de Vadão também começou no interior paulista. Foi com o Carrossel Caipira no Mogi Mirim com Rivaldo, Leto e Válber que o treinador ganhou visibilidade nacional no início da década de 90.

Foto: globoesporte.com
Foto: Divulgação