Eliminação ridícula no Paulistão de basquete

São Paulo abre 26 pontos, mas cai muito de rendimento no segundo tempo e acaba levando a virada em Franca

Na noite deste domingo (29), em Franca, o São Paulo foi para a disputa da segunda partida semifinal do Paulistão de basquete com a obrigação de vencer para seguir com o sonho de chegar a final vivo.

A equipe de Cláudio Mortari começou com tudo. Com 100% de aproveitamento nos lances de dois pontos e apenas três erros nos lances de três, a equipe do Morumbi fez 14 pontos seguidos e terminou o primeiro quarto com 18 pontos de vantagem: 37 x 19.

No segundo quarto, o Tricolor continuou muito forte na marcação e no ataque e  abriu 26 pontos de vantagem por duas vezes (52-26 e 56-30). O período terminou com o São Paulo na frente por 22 pontos: 59 x 37

Na volta do intervalo, o Tricolor pensou que já estava ganho e tirou o pé, enquanto isso, os donos da casa queriam a classificação já nesta partida. O São Paulo pecou muito em decisões de jogada e errou muitos lances de três. De 11 tentativas, apenas duas entraram. Com isso, o terceiro quarto terminou com a vitória dos mandantes por 23 a 13 e a vantagem do Tricolor caiu para 15 pontos: 75 x 60.

O último e decisivo quarto começou com o time do interior paulista indo pra cima. E o São Paulo começou a errar tudo. Até o momento, o Tricolor tinha 100% de aproveitamento nos lances livres, e no último período errou três, de 12 tentativas.

A reação dos donos da casa veio e o time são-paulino parou no jogo. Franca fez 32 pontos, enquanto que o São Paulo acertou apenas 13.

Faltando 24 segundo para acabar o jogo, o São Paulo vencia por 88 x 87. Franca tinha a bola e o São Paulo poderia fazer logo a falta, mas vacilou e vez faltando 6 segundos. Pior, no lance da falta, foi ponto para Franca, que abriu 90 x 88. O São Paulo foi pra cima faltando 6 segundos, perdeu a posse e ainda fez falta. O time local acertou os dois lances livres e eliminou o São Paulo da competição.

FIM DE JOGO e vitória do Franca por 92 x 88

Destaques: Georginho, com 20 pontos, 15 rebotes e 8 assistências, e Renan, 18 pontos.

1Q – 37×19 (18 Pontos)
2Q – 59×37 (22 pontos) 22-18
3Q – 75×60 (15 pontos) 16-23
4Q – 88×92 (-4 pontos) 13-32

O São Paulo volta as quadras agora apenas no NBB. A primeira partida dos são-paulinos será diante do Corinthians, dia 15 de outubro, no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge.

FOTO: Newton Nogueira