in ,

Elenco fala se paralisação vai brecar embalo do São Paulo

Tricolor vai para a Argentina com cinco desfalques - - Marcos Paulo

Antes da paralisação do futebol, o Tricolor vinha embalado com duas vitórias seguidas jogando bem, uma no Paulistão e outra na Libertadores

O futebol está paralisado por tempo indeterminado por conta da pandemia do coronavírus, e a pergunta que é: o Tricolor vai manter o mesmo embalo de antes da paralisação. 

A equipe de Diniz vinha de dois bons jogos: o primeiro contra a LDU, por 3 x 0, no Morumbi pela Libertadores, e outra pelo Paulistão, no clássico contra o Santos, por 2 x 1, com dois gols de Pablo, que voltou a marcar depois de ficar muito tempo sem balançar as redes. 

O time lidera o Grupo C do Paulistão, com 18 pontos, e é o segundo do Grupo D da Libertadores, com três pontos (empatado com River Plate, LDU e Binacional).

São Paulo antes da paralisação:

  • 12 jogos
  • 6 vitórias
  • 3 empates
  • 3 derrotas
  • Aproveitamento de 58,3% dos pontos
  • 18 gols pró
  • 9 gols contra

Veja o que jogadores e treinador falaram sobre a paralisação do futebol bem quando o time estava embalado por duas vitórias importantes seguidas. 

Volpi

“Tem um embalo. Tinha um jogo importantíssimo (contra o River Plate). Vínhamos de uma vitória na Libertadores e num clássico, mas com trabalho, filosofia e a maneira que todos jogadores pensam, do que nos propomos a fazer nesse ano, essa pausa não pode ser um pretexto negativo. Mas sim algo positivo para trabalhar. Acredito que até voltar a competição deve dar um tempo de uma mini pré-temporada novamente. Não é algo que incomode essa pausa na questão profissional. Lógico que na parte social incomoda com tudo o que aconteceu. Todos estão tristes com o que acontece no mundo, mas esportivamente não podemos nos abater e pensar: “Putz, estava bom”. Pelo contrário. É trabalhar e seguir da mesma maneira, trazer para o nosso lado e aprimorar aquilo que o Diniz quer.”

Igor Gomes

“Sempre falei que não gosto muito de pensar no futuro, procuro viver o presente. Mas já que perguntou eu acho que não. O grupo está pronto sobre a ideia que temos, sobre tudo o que está sendo feito. A gente respeita ao máximo o que estamos fazendo. Ninguém está ali por brincadeira. O grupo está afim de fazer história, de mudar essa situação e não vai ser esse tipo de coisa que vai atrapalhar. Muito pelo contrário. Acho que vamos voltar mais focados e preparados. Assim que falarem para retornar vamos voltar descansados mentalmente e o tempo que tiver para treinar vamos nos dedicar para evoluir sempre.”

Diniz

“Acho que o São Paulo é um time que está crescendo, a semeadura nunca para, a gente está sempre plantando. A gente tem treinado muito bem, jogadores muito bem. A gente tem muita coisa para melhorar. Uma pena que teve essa interrupção. Para todo mundo, mas para nós especialmente. Era um momento claro de ascensão, os resultados estavam começando a aparecer de maneira mais nítida.”

Foto: Marcos Paulo
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu