Ele não esquece o São Paulo…

Mais uma vez Rodrigo Caio falou sobre o São Paulo e também sobre o ídolo Rogério Ceni

Mesmo campeão Brasileiro e da Libertadores, o menininho de pantufa não perde tempo para falar mal do São Paulo. Em entrevista ao FOX Sports, zagueiro do Flamengo relembrou o episódio do fair play, mas deixou claro que a relação com o treinador é boa.

Contratado no início do ano pelo Flamengo, Rodrigo Caio chegou sob a desconfiança por ter sido criticado no São Paulo. Na passagem pelo Tricolor, foi chamado de zagueiro de condomínio por um dirigente (apelido que logo pegou por muitos torcedores) e também foi (justamente) detonado pelo lance do fair play em um jogo contra o Corinthians. VALE LEMBRAR QUE nesta partida, o São Paulo foi eliminado do Paulistão.

Em entrevista ao FOX Sports, o zagueiro desabafou e revelou ter sido crucificado no São Paulo. Além disso, explicou como foi a relação com Rogério Ceni, então treinador tricolor.

“Foi um momento complicado para mim. Quando aconteceu, muitas pessoas ficaram ao meu lado. Foi passando o tempo me crucificaram muito com a atitude. Procurei ter minha cabeça tranquila, fiz o que era certo. Em nenhum momento tentei ou quis me mostrar em uma atitude, falar que tenho mais caráter. Pelo contrário, nunca pensei nisso. Resolvi ficar calado. Foi uma atitude simples. Respeito quem faz ou quem não faz”, afirmou Rodrigo.

Na época, o técnico Rogério Ceni não gostou da atitude do defensor. Apesar da polêmica, Rodrigo Caio deixou claro que respeita muito o ídolo são-paulino e garantiu que conversa com o comandante até hoje e que a relação é boa.

“A questão do Rogério Ceni, ele tem a opinião dele, tinha a minha, respeito muito a opinião de cada um. Ele tem o direito de gostar ou não. Mas o carinho, respeito e admiração vão continuar.  Sempre. Mesmo com o que ele pensa, me ajudou muito, tenho uma gratidão sempre. Conversamos até hoje. É algo que é opinião de cada um”, disse.

O zagueiro ainda saiu em defesa de Ceni no São Paulo. “É um ídolo, merece sim ter sua segunda chance lá”, finalizou.

FOTO: Divulgação