Dorival sobre a equipe: “Ainda não é o ideal, mas estamos crescendo”

Para o técnico são-paulino, o time ainda vive altos e baixos na competição, mas está no caminho certo para encontrar um equilíbrio

Na briga contra o rebaixamento, o técnico Dorival Júnior garante que o time está no caminho certo para se livrar de vez da zona da degola, mas ainda é preciso achar um equilíbrio no Campeonato Brasileiro.

“A equipe está em formação, por isso oscila muito. Tem muitos atletas com 16 partidas no clube. É muito pouco, não dá para acelerar. Mesmo assim, a equipe procura fazer e produzir. Temos de encontrar equilíbrio até que aconteça. Ainda vivemos de altos e baixos. É um processo natural”, disse.

E para isso o treinador falou que não vai mudar o estilo ofensivo da equipe. O São Paulo é o quarto melhor ataque da competição, com 36 gols marcados. “É o conceito de futebol que acredito. Não vou mudar porque a situação é diferente. Trabalho para isso, e graças a Deus, vemos resultados. Ainda não é o ideal, mas estamos crescendo”.

O comandante são-paulino se apega aos números do segundo turno, a equipe ostenta a quinta melhor campanha, com 15 pontos, sendo quatro triunfos, três empates e duas derrotas.

“Temos 57% de aproveitamento no segundo turno, o que é muito bom. Aceleramos o processo no período de treinamentos. Trocamos mais de 600 passes, considerável para o que vemos no Brasil. Fico feliz que o São Paulo comece a acreditar que possa sair dessa situação jogando um bom futebol”, complementou.

LEIA MAIS
+ Nunca duvidamos de você Pratto! 
+ Portas abertas!

Por fim, Dorival elogiou o espírito de luta e a paciência do time para reverter o placar.

“Não tem como jogar em velocidade com dez jogadores atrás da linha da bola. Precisávamos da paciência que tivemos, mesmo sem definir em gol. Fizemos marcação agressiva, brigamos, no mínimo, em todas as segundas bolas. No segundo tempo, tomamos gol cedo, muda completamente. A equipe demonstrou um pouco de cada detalhe dentro dos 90 minutos. Tivemos ousadia de marcar na frente, esperamos, nos aventuramos correndo risco de contra-ataque. Foi uma partida completa em todos os aspectos, tivemos um pouco de tudo. Pela primeira vez, vi tudo que está sendo treinado ser desenvolvido no jogo. Feliz pela recuperação”, finalizou.

O próximo jogo do São Paulo é contra o Fluminense, na quarta-feira, no Maracanã. O confronto é direto, já que o adversário está na 12ª posição, com 35 e nós em 13º lugar, com 34 pontos.

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *