Comandante tricolor explica as substituições durante a partida. Para Dorival equipe não se retraiu com as trocas

Dorival Júnior explica as trocas enquanto time vencia por 1 a 0. Para o treinador equipe não se retraiu após as entradas de Denilson e Jucilei.

Com uma escalação surpreendente, Dorival Júnior armou o meio campo tricolor com Hernanes, Marcos Guilherme, Lucas Fernandes e Cueva. Dominando a partida, durante praticamente toda partida, as escolhas do técnico são-paulino surtiram efeito.

VEJA MAIS:
+ E o gol 2000 foi dele, Petros!
+ Serão punidos? 

Com o time vencendo, Dorival sacou o garoto Lucas Fernandes e colocou Denilson. Minutos depois, colocou Jucilei no lugar do peruano Cueva. Próximo do final da partida o tricolor sofreu o gol de empate. A frustração da torcida foi descontada no comandante. Para alguns são paulinos as substituições da etapa final foram erradas. Após o empate dos gambás. A última alteração foi a saída de Marcos Guilherme para a entrada de Maicosuel.

“O São Paulo não alterou o posicionamento. Em momento nenhum demos passos atrás. E botei velocidade com Denilson pelo lado, que seria o nosso escape, jogada de contra-ataque. Lucas (Fernandes), pelo desgaste, não estava mais conseguindo ligar. Cueva se desgastou bastante também. Tinha que fazer alteração. Jucilei entrou com muita força, fez duas ou três boas jogadas que poderia resultar em gol. Não vi a equipe retrair. Quem viu isso viu errado, desculpa”, esclareceu Dorival durante a entrevista após a partida.

O tricolor volta a campo no próximo domingo (1), às 16h00, contra o Sport no Morumbi.

Foto: Divulgação

Leave your vote

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.