in

Doria endurece medidas de restrição contra avanço do coronavírus em SP

Utilidade pública

João Doria, governador de São Paulo. Foto: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou novas medidas de restrição contra o avanço da pandemia do novo coronavírus

Dória decidiu reclassificar todas as regiões do Estado de São Paulo para a fase vermelha do Plano São Paulo, que estabelece as medidas mais rígidas para contenção da disseminação da covid-19. A medida começa a valer a partir de 0h01 de sábado (6).

“Estamos à beira de um colapso na saúde em São Paulo e no Brasil. Isso exige medidas urgentes. Por esses motivos, atendemos à recomendação dos cientistas do Centro de Contingência do coronavírus”, afirmou Doria em entrevista concedida na tarde desta quarta-feira (3), no Palácio dos Bandeirantes.

A medida permite o funcionamento apenas de setores essenciais da economia, como farmácias, supermercados, padarias, agências dos correios, petshops, clínicas veterinárias, postos de combustível e transportes coletivos, como ônibus, trens e metrô.

Shoppings, comércio de rua e academias estão vetados, de acordo com as determinações do governo do Estado.

Na última segunda-feira (1), Doria editou um decreto que enquadra como essenciais as atividades religiosas no Estado. Todas as igrejas, portanto, poderão seguir em funcionamento.

De acordo com o último boletim epidemiológico do Estado, a taxa de ocupação de UTIs (unidade de terapia intensiva) para covid-19 no Estado está em 75,3%. Na região metropolitana, 76,7% dos leitos estão ocupados.

VEJA O QUE PODERÁ E O QUE NÃO PODERÁ FUNCIONAR:

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara