in ,

Diniz fala porque não substitui Daniel Alves

- Rubens Chiri / sao paulo fc

Camisa 10 fez um jogo muito ruim neste sábado e não foi substituído, como sempre, pelo treinador, que explicou o porque não o tira do campo

Em entrevista coletiva neste sábado após o empate como Grêmio, no Morumbi, Fernando Diniz tentou explicar porque não tira Daniel Alves de jeito nenhum da equipe.

Contra o time gaúcho o camisa 10 claramente não estava em uma noite inspirada e produtiva, pois tudo o que tentou fazer em campo, não deu certo e em alguns lances, até entregou a bola “de graça” para os atacantes do Grêmio nas saídas de bola perto da área do Volpi.

“Acho que a viagem e o jogo de Fortaleza não recuperamos da maneira mais adequada. Tivemos muito erro técnico, o que não é comum. O Daniel fica isso: ele tem muita importância grande. Ele colabora com muitas outras coisas que não aparecem da maneira convencional, como aconteceu com Sara, que, coletivamente, ocupa espaço, dá opções, marca e orienta o sistema defensivo”, afirmou.

Nesta temporada, Daniel Alves foi substituído em apenas um dos 25 jogos sob o comando de Fernando Diniz, na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, no dia 26 de agosto, mas só saiu de campo pois fraturou o braço. 

E completou: “Ele consegue entregar fisicamente e tecnicamente. É uma referência mundial na minha visão. Quando a gente joga bem ele joga bem. E eu não tiro porque ele produz muito para o time. E mesmo quando não produz tecnicamente ele faz de outras formas. Quando achar que tenho que tirar vou tirar. Não é que ele não sai dos jogos. Ele não sai dos treinamentos. Ele não sai um dia do treinamento.”

Ele tem 37 anos, mas você vê o GPS dele e o número de ações intensas, é um cara que a gente fica pela idade. Tem de ver o que ele corre. Ele pode errar tecnicamente, mas sempre entrega para o time. Termina o treino ele continua treinando. Ele chega antes, treina e depois continua. É um exemplo de profissional, uma referência técnica do time e de personalidade. É importante que ele esteja no campo quase sempre e por isso se mantém. Tem minha total confiança.”

Foto: Rubens Chiri – saopaulofc.net
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu