in ,

Diniz explica expulsão e fala sobre erros da arbitragem

Diniz expulso na partida contra o Fortaleza

São Paulo fica no empate em 3 x 3 contra o Fortaleza no Castelão. Diniz expulso, reclama da arbitragem 

Fernando Diniz foi expulso no jogo desta quarta-feira e em entrevista coletiva, detonou a arbitragem e o VAR.

“Minha expulsão foi porque eu questionei os nove minutos que ele deu de acréscimo. Só na expulsão do goleiro, foram 10 minutos parados, fora a segunda expulsão, o tempo que os jogadores fizeram e as substituições, ou seja, seria pelo menos, uns 13 minutos de acréscimos, mas ele deu nove. Eu o questionei e ele me expulsou”, disse Diniz, que ainda criticou a arbitragem e o VAR.

“Ainda teve o lance no fim do jogo, que foi pênalti, ele foi chamado pelo árbitro de vídeo e quando eles chama não é a toa, mas ele preferiu acabar o jogo em um lance que poderia decretar nossa vitória”, respondeu Diniz.

Questionado sobre o jogo contra o Atlético-MG, quando o São Paulo teve um gol mal anulado, o treinador respondeu criticando a postura da CBF.

“Sou critico do VAR desde o ano passado, ele leva muito tempo para decidir. Hoje ficamos 11 minutos parados e não repôs o tempo certo, pior, reduziu dois minutos. No jogo do Atlético foi pior, poderíamos sair na frente e tivemos um gol mal anulado, agora, dois meses depois eles falam que erraram, mas não da para voltar atrás”, conclui Fernando Diniz.

Foto: Reprodução TV

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara