in ,

Diniz comenta situação de Pato e Hernanes

Hernanes e Alexandre Pato são reservas no São Paulo de Fernando Diniz. O meia ficou no banco nos últimos três jogos e não entrou, enquanto que o atacante não foi usado em quatro partidas seguidas.

Do banco, a dupla viu o São Paulo vencer o Vasco por 1 a 0, na última quinta-feira, no Morumbi. Apesar disso, eles recebem elogios de Fernando Diniz.

“São talentos indiscutíveis. Sobre o Hernanes, talvez pelo tempo que ficou na China, teve uma série de lesões, e quando eu cheguei estava se recuperando. Ele parou de sentir incômodos físicos, está conseguindo treinar. Esperamos que ele consiga readquirir a forma de 2017. Mas é um cara que ajuda em todos os sentidos. É um homem diferenciado, referência no elenco, o mais identificado com o clube. Ele tem ajudado muito, tem sido compreensivo, nossa sintonia tem sido boa”, disse Fernando Diniz.

Hernanes foi decisivo para o São Paulo fugir do rebaixamento do Brasileirão de 2017. Ele fez 19 jogos, nove gols e foi o herói do Tricolor. O Profeta acabou eleito o “Craque da Galera” do campeonato e entrou como um dos meias na seleção do campeonato, além disso, ele ainda teve o gol de falta contra a Ponte Preta, na 23ª rodada, escolhido como o mais bonito da edição de 2017.

Pato, por sua vez, tenta recuperar o bom futebol da primeira passagem, de 2014 (quando fez 12 gols em 39 jogos) a 2015 (26 gols em 59 partidas). Agora, com Fernando Diniz, Pato atuou por 45 minutos nas últimas seis partidas.

“O Pato é um talento raro, mas não conseguiu render nas partidas que jogou com a gente. Mas não significa que não vai render no futuro. É um jogador brilhante, uma pessoa que tem ajudado. A hora que o Pato render o que pode, talvez a gente vá ter o melhor atacante do futebol brasileiro”, afirmou o técnico Fernando Diniz.

Com a vitória sobre o Vasco, o São Paulo foi a 57 pontos. O time agora enfrentará o Grêmio, domingo, às 19h, em Porto Alegre.

FOTO: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara